Casa e Acabamento

Como proteger o portão da urina do cachorro?

Fabricantes de produtos existentes no mercado prometem evitar a ferrugem
Como proteger o portão da urina do cachorro?
Ferrugem aparece na parte inferior dos portões de ferro. Crédito da foto: Reprodução

A ferrugem na parte de baixo dos portões e grades de ferro e aço é causada na maioria das vezes por urina de cachorro. A urina danifica a pintura, mesmo passando várias demãos de tinta. Para quem tem cachorro em casa, o problema é comum.

Fabricantes de produtos existentes no mercado prometem evitar a ferrugem, também em portas, janelas e demais estruturas de ferro e aço. É a chamada galvanização a frio, aplicada com pincel, rolo ou na versão aerossol. A Quimatic Tapmatic, que produz o galvanizador instantâneo a frio CRZ, utiliza principalmente o zinco em sua composição. “A camada protetora de galvanização a frio é altamente resistente à urina de cachorro e tem vida útil de pelo menos cinco anos”, informa a empresa.

“O produto adere aos poros do metal por meio de uma troca de elétrons e conta com a tecnologia ‘Lectrol’, que ativa a proteção catódica contra a ferrugem”, de acordo com a Quimatic. Além do uso em portões de residências expostos à urina de cachorro, esse tipo de galvanizador é indicado para proteger metais ao ar livre, enterrados em jardins ou até mesmo sob a água.

Como proteger o portão da urina do cachorro?
Alternativa é produto conhecido como galvanizador a frio. Crédito da foto: Divulgação

Para a aplicação em portões, o fabricante dá as seguintes orientações: 1 – Remova toda a tinta ou ferrugem da peça para que a galvanização a frio tenha contato direto com o ferro ou aço; 2 – Aplique a primeira demão do galvanizador e espere secar por 12 horas (é possível economizar, aplicando o produto apenas na parte inferior do portão, onde de fato há contato com urina); 3 – Aplique a segunda demão e aguarde por mais 24 horas; 4 – Se desejar, pintar com tinta PU (à base de piuretano), epóxi ou esmalte sintético.

Comentários

CLASSICRUZEIRO