Casa e Acabamento

Como funciona a luz de emergência e qual a sua importância

Como funciona a luz de emergência e qual a sua importância
Uma fonte de luz de emergência garante que as pessoas consigam acessar a saída do local com segurança. Crédito da foto: blogdecorwatts.com

Mesmo não sendo um item comum no interior da sua casa, com certeza você já deve ter visto uma luz de emergência, seja na saída do cinema ou nas escadas de um prédio. A função desse tipo de iluminação além de indicar alguns alertas como saídas ou escadas é evitar acidentes e incômodos em situações em que a luz de locais com baixa visibilidade é interrompida. Uma fonte de luz de emergência garante que as pessoas consigam acessar a saída do local com segurança, uma vez que elas podem enxergar o caminho com facilidade.

A luz de emergência pode ser instalada em casas, condomínios, prédios, empresas, indústrias, enfim, em diversas construções, sendo mais usada em ambientes maiores e que recebem um significativo fluxo de pessoas, onde situações de ausência de luz ou acidentes podem causar pânico e piorar a situação. De acordo com normas do Corpo de Bombeiros, o uso desse tipo de iluminação é obrigatório em condomínios residenciais ou comerciais, escadas de serviço, saídas de emergência, elevadores, teatros, cinemas, escolas, hotéis, shoppings, entre outros lugares públicos. Neste texto, vamos ajudar você a entender como funciona a luz de emergência e como fazer a melhor escolha na hora da compra.

Leia mais  Como conciliar o quarto do bebê com a rotina de todos na casa

Luminárias de emergência

O tipo de luminária de emergência que você vai escolher e a sua potência depende basicamente do tamanho do espaço que precisa ser iluminado, ou seja, se vai precisar de uma iluminação simples ou mais potente. A intensidade da iluminação é medida em lux, que é a relação da quantidade de lúmen (unidade de fluxo luminoso) por metro quadrado do espaço a ser iluminado.

Segundo a norma técnica ABNT NBR 10898, existem basicamente duas formas de iluminação de emergência: a de aclaramento e a de sinalização. A iluminação de aclaramento tem como função conseguir iluminar o piso, sendo obrigatória em lugares de circulação vertical ou horizontal, com saídas para o exterior do local. Para colocar essa iluminação em locais com desnível, como as escadas, são recomendados no mínimo 5 lux. Isso significa que para um ambiente de aproximadamente 57 metros quadrados, por exemplo, o ideal é usar uma luminária com 288 lúmens. Já para iluminar locais planos, como corredores e halls, são recomendados 3 lux. Uma luminária com 288 lúmens, por exemplo, tem uma cobertura de 96 metros quadrados.

A luz de emergência possui uma bateria interna recarregável e, dessa forma, seu sistema de iluminação é acionado automaticamente quando há falta de iluminação elétrica no ambiente. Resumidamente, funciona assim: a luminária fica conectada na tomada e com a interrupção de energia, ela acende. As luminárias de emergência normalmente oferecem dois níveis de iluminação mínimo e máximo.

Leia mais  Dicas de decoração para quem gosta de assistir TV

Isso influencia na vida da carga da bateria, já que vai consumir mais ou menos quando for acionada. Para garantir que ela funcione sempre que necessário, é preciso garantir que ela esteja sempre carregada. Para fazer o carregamento da bateria, coloque no modo “desligado” e aguarde de 24 a 48 horas. Esse tempo varia de acordo com voltagem do aparelho, por isso cheque nas especificações do produto. Alguns aparelhos modernos facilitam esse processo indicando quando a luminária carregou completamente.

A bateria só ficará descarregada após o acionamento da iluminação de emergência, que vai ocorrer em casos de queda de luz. É importante que você recarregue a bateria depois disso, para garantir seu funcionamento quando necessário. Outro detalhe importante de saber é que a bateria não é consumida enquanto a luminária está conectado na tomada e apagada.

Leia mais  Pandemia muda hábitos de vida e leva o conceito Urban Jungle para os interiores

Na hora de instalar a luz de emergência é recomendado a escolha de um posicionamento alto, para evitar furtos e que alguém mexa na chave seletora do nível de iluminação. É também mais interessante e seguro que a luminária fique fixa na parede, evitando que ela caia no chão ou que as pessoas esbarrem nela. Você pode fazer a instalação sozinho (a), mas se não se sentir à vontade, procure a ajuda de um profissional para realizar essa tarefa. (Fonte: http://blogdecorwatts.com)

Comentários