Casa e Acabamento

Como funciona a cafeteira italiana Moka?

Como funciona a cafeteira italiana Moka?
Modelo de cafeteira extrai o café sob pressão. Crédito da foto: Divulgação

A cafeteira italiana, também conhecida como Moka, extrai o café sob pressão do vapor de água. Foi patenteada pelo inventor Luigi De Ponti em nome de Alfonso Bialetti em 1933, cuja empresa, Bialetti continua produzindo o mesmo modelo, denominado “Moka Express”. O modelo de cafeteira é bastante popular na Europa. O nome é uma homenagem à cidade de Moca, no Iêmen, local de cafés considerados excepcionais.

O blog Moka Clube explica como é o funcionamento da cafeteira. Há dois compartimentos. O pó de café é comportado entre eles, em uma peça de metal com vários furos minúsculos. Estes servem para que a água colocada na parte de baixo (que fica em contato direto com o fogo) passe pelo café ao subir. Já a parte de cima apresenta um pequeno tubo com dois orifícios. O café passa por eles devido à pressão que a água exerce quando aquecida. O nicho de cima também tem uma placa de metal com furinhos para que o pó de café não suba com a água em direção à superfície.

Leia mais  Como tratar infiltração em lajes e paredes e evitar dor de cabeça?

A cafeteira italiana não é a mesma coisa que uma máquina de espresso, mas também é um método de extração por pressão. Quando devidamente preparado, o café lembra o sabor de um espresso, forte e encorpado, de acordo com o blog Moka Clube. O método da cafeteira italiana ressalta o amargor do café, enquanto a acidez se destaca menos.

Como funciona a cafeteira italiana Moka?
Sabor é forte, encorpado e a acidez se destaca menos. Crédito da foto: Divulgação

Há diversos modelos das cafeteiras italianas, com variações. A clássica tem design inconfundível e praticamente sem mudanças ao longo do tempo.

Uma dica para preparar o café na Moka é a qualidade da água, diz Daniela Norcia, do blog Ultrapassando Fronteiras. Ela recomenda a água mineral, com pouco sódio. A qualidade do café, claro, é fundamental para ter o melhor proveito. Para isso, opte por cafés especiais ou 100% arábica, conforme Daniela.

A moagem correta para a cafeteira italiana é a média, observa. Ou seja, não é muito fina para não obstruir a água, mas também nem muita grossa, para não deixar o café fraco. (Da Redação)

Comentários