Casa e Acabamento

Como evitar problemas na instalação elétrica?

Toda instalação elétrica residencial deve seguir as normas da NBR 5410 da ABNT
Tomada não pode ser sobrecarregada com vários aparelhos. Crédito da foto: Adival B. Pinto (16/10/2010)

 

Não é só casa velha que tem problemas na instalação elétrica. Serviços mal feitos, instalação ultrapassada ou mal dimensionados, mesmo em residências com menor tempo de construção, podem comprometer a segurança e causar acidentes.

Toda instalação elétrica residencial deve seguir as normas da NBR 5410 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) Instalações Elétricas de Baixa Tensão, que determina os requisitos mínimos de qualidade e a segurança, de acordo com a IFC/Cobrecom, fabricante de fios e cabos elétricos.

Qualquer instalação elétrica possui uma limitação de uso, pelo tempo de utilização ou pelo desgaste natural de seus componentes (fios e cabos elétricos, disjuntores, entre outros); ou ainda pela mudança dos hábitos e necessidades das pessoas que utilizam o imóvel. Com o passar dos anos agregam mais eletrodomésticos ou adquirem aparelhos elétricos de maior potência, como chuveiros, sem checar se a instalação elétrica é compatível, informa a IFC/Cobrecom.

Leia mais  Fluidez e um novo astral para o lar
Fios desencapados ou com sinal de aquecimento devem ser trocados. Crédito da foto: Divulgação

 

As principais recomendações do fabricante são:

– No caso de fios e cabos elétricos soltos, desencapados ou com sinal de aquecimento é preciso realizar uma revisão da instalação elétrica. Os fios e cabos devem ser substituídos e instalados corretamente em eletrodutos e canaletas.

– Deve ser respeitada a carga máxima a ser ligada na tomada. Se for necessária a instalação de mais tomadas no imóvel, contrate um eletricista qualificado e habilitado para fazer o dimensionamento das cargas e a execução do projeto.

– Os fusíveis tipo rolha ou cartucho usado nas instalações muito antigas devem ser substituídos por disjuntores.

– As caixas de passagem nunca devem ficar abertas, sem tampas, evitando assim contatos diretos que podem resultar em choques elétricos.

– As emendas mal feitas em fios e cabos devem ser corrigidas de imediato, pois resultam em fugas de corrente e em curtos-circuitos. O ideal é utilizar conectores, pois além de garantir uma ótima ligação elétrica já fazem a isolação da emenda.

Comentários