Casa e Acabamento

Como escolher uma boa adega climatizada para seus vinhos?

Os vinhos que melhoram com o longo envelhecimento são minoria. Mas o que é ‘melhorar‘?
Como escolher uma boa adega climatizada para seus vinhos?
As grandes adegas climatizadas são caras, peças para colecionadores de vinhos. Exigem obras de elétrica e hidráulica e equipamentos de controle mais sofisticados. Peças únicas, quase sempre. Crédito da foto: Reproduções da Internet

São muitas as perguntas em torno do armazenamento adequado para os vinhos. Neste texto, editado a partir de uma reportagem que pode ser vista neste link sobre adega climatizada, damos algumas dicas.

O que muda no vinho com a idade?

Os vinhos que melhoram com o longo envelhecimento são minoria. Mas o que é ‘melhorar‘? Todos eles mudam ao longo de sua vida dentro da garrafa. Melhorar é quando essas mudanças são benéficas às suas características (cor, aroma e gosto), o que depende também do gosto pessoal de quem está bebendo. Ingleses notoriamente preferem os grandes tintos de Bordeaux no auge, o que pode levar mais de 20 anos, enquanto os franceses muitas vezes cometem infanticídio abrindo-os muito antes.

É bom esclarecer a distinção entre o que chamamos de amadurecimento e envelhecimento. O primeiro se refere ao tempo em que o fermentado foi estocado em barris de madeira e, portanto, ainda não completamente elaborado. O segundo se refere ao líquido já engarrafado.

Leia mais  Prefeitura de Sorocaba renova cessão de prédio à Fundec

Numa analogia, os vinhos nascem, amadurecem, mantêm a maturidade por um tempo, decaem até ficarem decrépitos e morrem, como todos os seres vivos. É verdade que os fortificados, por exemplo, são virtualmente imortais. A expectativa de vida do vinho é, contudo, variável. Vai de apenas seis meses num Beaujolais Nouveau a até mais de cem anos num Madeira.

O que prejudica o vinho?

Como escolher uma boa adega climatizada para seus vinhos?
Crédito da foto: Reproduções da Internet

As condições ideais para a conservação de garrafas de vinho são:

*O vinho é sensível à luz, por isso a maioria das garrafas é opaca;

*Temperatura constante (o ideal está entre 12 e 14ºC): a variação de temperatura faz com que o líquido se dilate e contraia, expulsando e sugando ar através da rolha, permitindo a entrada de oxigênio e oxidando o vinho. Temperaturas altas, como no Brasil, causam envelhecimento precoce e anômalo do vinho;

*A umidade ideal é de 65%, para que as rolhas não ressequem, percam sua elasticidade e permitam a entrada de oxigênio. Por isso, as garrafas devem permanecer deitadas, mantendo úmidas as rolhas;

Leia mais  Santa Casa assume oficialmente a gestão da UPH Zona Leste

*Ausência de vibrações, como trepidações causadas por motores, ruídos (caixas de som, por exemplo) etc. Essas vibrações estimulariam as reações químicas dentro da garrafa, apressando o envelhecimento do vinho;

*Ventilação é importante. Um local abafado estimularia o aparecimento de fungos na rolha, estragando o vinho;
*Ausência de cheiros fortes que, através da rolha, passariam para o vinho.

Dicas úteis

Como escolher uma boa adega climatizada para seus vinhos?
Adegas menores, que comportam de nove a uma centena de garrafas, são produzidas em linha e atendem a necessidades de apreciadores de bons vinhos. Crédito da foto: Reproduções da Internet

– Comprar uma adega é uma decisão importante. Tenha em mente que, ao contrário de uma geladeira comum, o preço de seus vinhos pode ser muito maior que o valor da adega climatizada:

– Verifique qual o espaço e o layout disponíveis para instalar a adega. Ela pode caber perfeitamente, mas para qual lado a porta abre? Há adegas com portas que abrem para os dois lados e evitam que você faça ginástica para pegar uma garrafa;

– Planeje consumo e estoque. Se você coleciona vinhos e compra em velocidade maior que seu consumo, calcule o crescimento mensal de sua coleção, e evite ter que comprar (ou pior, construir) uma nova adega depois de três meses;

Leia mais  Contratação de estagiários cresce 7,5% no primeiro trimestre de 2019

– Adegas com ajuste automático de umidade e temperatura são imprescindíveis;

– Nem todas as garrafas têm o mesmo formato. Para os apreciadores de espumantes/champagnes, por exemplo, prateleiras com suportes de tamanhos diferentes para garrafas de formatos variados são importante;

– Porta com chave é bom; previne o acesso mal intencionado; evita que a faxineira queira agradá-lo e abra para “passar um paninho nas garrafas”; e dificulta que a porta seja esquecida aberta – alarmes também são importantes;

– É importante que o móvel tenha vidros especiais, com proteção contra a luz e raios ultra-violetas;

– Pergunte também sobre garantia e assistência técnica – você certamente precisará fazer manutenção preventiva ou corretiva em algum momento;

Todo esse planejamento deverá ser redobrado caso você parta para o auge das adegas climatizadas: a construção de uma adega em casa.

Comentários

CLASSICRUZEIRO