Sorocaba e Região

Zoológico é impedido de visitar o chimpanzé Black no santuário

O zoo solicitou ao mantenedor a realização de exames de rotina, mas isso não aconteceu
Impedimento de visita a Black gera polêmica
O chimpanzé foi transferido do zoológico no dia 6 de maio. Crédito da foto: Erick Pinheiro / Arquivo JCS (28/5/2019)

A Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema) visitou o chimpanzé Black na última quinta-feira (30) no Santuário dos Primatas. De acordo com a Sema, houve visita da equipe técnica composta por biólogos e veterinários do Parque Zoológico Municipal. A pasta ressaltou que a visita ocorreu às 14h30, mediante agendamento prévio. Na semana passada, não houve o mesmo sucesso.

O chimpanzé Black está no local desde 6 de maio e a primeira visita ocorreu no dia 14. Ainda conforme a Sema, o Zoológico também solicitou ao mantenedor, no dia 22 de maio, que fossem realizados alguns exames de rotina no animal. Foi quando a equipe não conseguiu acessar o local. A Sema alegou que a ata assinada entre as instituições traz a afirmação de que a ‘Sema poderá visitar o animal a qualquer tempo.‘ Porém, ao chegar no local, funcionárias do mantenedor não permitiram a entrada da equipe.

Leia mais  Câmara de Sorocaba é 9ª em gastos no Estado de São Paulo

O promotor Jorge Alberto Marum alegou desconhecer o termo “poderá visitar a qualquer tempo”. “No processo judicial ainda não foi determinado um protocolo de visita”, afirma. Segundo o promotor, o que ficou acertado é que qualquer visita seria avisada. “O modo de organização de lá é diferente de um zoológico”, afirma. “O Black está muito bem, calmo e tranquilo”, garantiu.

A transferência do animal do zoológico municipal para o Santuário ocorreu por ordem judicial e foi alvo de muita polêmica e protesto. (Marcel Scinocca)

Comentários

CLASSICRUZEIRO