Buscar no Cruzeiro

Buscar

Após sete meses fechado, Quinzinho volta a receber visitantes

16 de Outubro de 2020 às 00:01

Zoo recebe visitantes, após sete meses Crianças e adultos aproveitaram para rever animais, como o tigre. Crédito da foto: Vinícius Fonseca / Arquivo JCS (15/10/2020)

Mesmo no meio da semana e com o tempo nublado, algumas pessoas não deixaram de aproveitar o primeiro dia da reabertura de parques de Sorocaba, que estavam fechados ao público desde 17 de março por conta da pandemia do novo coronavírus.

A decisão de reabrir os parques veio depois que a cidade entrou na fase verde do Plano São Paulo, que flexibiliza restrições impostas pela propagação da Covid-19. Voltaram a receber visitantes: o Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”; Parque Natural “Chico Mendes”; Parque Natural Ouro Fino; Parque da Biquinha; Parque da Água Vermelha “João Câncio Pereira”; Parque Municipal de Corredores da Biodiversidade “Marco Flávio da Costa Chaves”; e o Jardim Botânico “Irmãos Villas-Bôas”.

Zoo recebe visitantes, após sete meses Passear no zoológico em família mudou a rotina depois da quarentena. Crédito da foto: Vinícius Fonseca / Arquivo JCS (15/10/2020)

A reportagem do Cruzeiro do Sul esteve, na tarde de ontem (15), no “Quinzinho de Barros” e constatou uma movimentação ainda modesta no local. Cerca de 15 pessoas não se intimidaram pela chuva fina e aproveitaram a flexibilização para caminhar ao ar livre e visitar os animais. A advogada Juliana Penafiel soube da reabertura e não pensou duas vezes em levar o filho Caio, de dois anos. “Durante a quarentena, ficamos em casa arrumando atividades, mas estava difícil. O principal é respirar ar puro. Vamos voltar mais vezes”, disse.

O casal Maria de Marchi e Leonardo Gomes do Carmo, que passou cerca de três meses separado na pandemia, também sentiu vontade de visitar o zoológico no primeiro dia de reabertura. “Sentimos saudade de estar próximos da natureza. Meu pai me trazia aqui, tenho uma relação afetiva com o zoológico”, afirmou Maria, que gostou de fazer a visita com o tempo nublado. “Assim não ficamos embaixo do sol forte e dá para ver os animais com mais calma”, completou.

Zoo recebe visitantes, após sete meses Os recintos do lobo-guará e outros animais agora podem ser vistos de perto. Crédito da foto: Vinícius Fonseca / Arquivo JCS (15/10/2020)

Apesar da reabertura, há limitação de público para visitação. O zoo recebe até duas mil pessoas por dia, enquanto o limite dos demais parques é de mil visitantes. O uso da máscara em todos os ambientes continua sendo obrigatório, assim como o distanciamento social de um metro e meio entre os presentes. Os protocolos de saúde estão sinalizados em banners e placas.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, totens com álcool gel são disponibilizados em pontos estratégicos e a orientação é para que as pessoas mantenham as mãos limpas frequentemente. Também é solicitado que os visitantes levem a própria água e evitem usar os bebedouros.

Zoo recebe visitantes, após sete meses As orientações sobre os protocolos de saúde estão em banners e placas. Crédito da foto: Vinícius Fonseca / Arquivo JCS (15/10/2020)

Algumas áreas dos parques seguem fechadas por questões de segurança, como determinados recintos do zoológico; os quiosques do parque “Chico Mendes”; e os playgrounds dos parques da Biquinha, “Chico Mendes” e Água Vermelha. A pasta frisou que houve aumento da frequência de limpeza e desinfecção nos banheiros desses locais. (Erick Rodrigues)