fbpx
Sorocaba e Região

Zona Azul volta a ser cobrada em Votorantim a partir desta segunda (18)

Novo decreto reduz em 25% número de vagas
Zona Azul volta a ser cobrada em Votorantim
A avenida 31 de Março está entre as vias onde haverá Zona Azul. Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (7/12/2018)

O sistema de estacionamento rotativo pago, mais conhecido como Zona Azul, retornará em operação em Votorantim a partir desta segunda-feira (18). Um novo decreto editado pelo Executivo municipal publicado na edição de quinta-feira (14), no Jornal do Município, regulamenta a cobrança e promove a readequação das vias, enxugando cerca de 25% das vagas anteriormente demarcadas.

De acordo com o decreto, a cobrança pelo estacionamento incidirá em duas áreas contempladas pelo atual Plano Diretor do município, denominadas Zona de Comércio Principal (ZCP) e nos principais Corredores de Comércios e Serviços (CCS). A readequação eliminou 590 vias, entre ruas e avenidas da cidade, em relação ao sistema que entrou em operação no último dia 6 de setembro.

Pelo decreto anterior, foram demarcadas 2.360 vagas, das quais 1.654 eram para veículos de passeio e comerciais leves e 253 para motocicletas e motonetas, com reservas de 5% para idosos e 2% para as pessoas com deficiência.

Leia mais  Jardim Botânico recebe cantatas de Natal a partir desta sexta-feira (6)

Com a nova regra, a Zona Azul vai compreender 1.770 vagas no total, das quais 1.448 serão para veículos de passeio e 177 para motocicletas e motonetas. A reserva de 5% também é respeitada para idosos e de 2% para pessoas com deficiência.

Assim como no início, o sistema será operacionalizado pelo consórcio vencedor da licitação para o estacionamento rotativo, o V-Park. A cobrança por um período de uma hora é de R$ 2, para veículos de passeio e comerciais leves até 4 mil quilos ou até dois eixos. Já para motocicletas, ciclomotores ou motonetas de qualquer cilindrada, o valor é de R$ 1 a hora.

O condutor tem a opção de realizar o cadastro e comprar o cartão digital por meio de aplicativo de smartphone, ou, então, adquirir o tíquete por meio de monitores que vão transitar o tempo todo pelas vias da Zona Azul e pelas revendas autorizadas nas áreas de estacionamento rotativo, que estarão devidamente identificadas.

Leia mais  Motorista de carreta que ficou 'pendurada' em viaduto disse que pneu estourou

Para quem não possui acesso à internet, basta enviar um SMS. Para isso, é necessário fazer um cadastro prévio pelo site Zona Azul Rápida e possuir créditos pré-pago. (Da Redação, com informações da Comunicação de Votorantim)

Comentários