Sorocaba e Região

Votorantim tem 108 casos confirmados de dengue

Prefeitura continua trabalho de orientação para remoção dos criadouros do Aedes aegypti
Por conta da pandemia do novo coronavírus, os agentes estão fazendo a orientação do portão das casas. Crédito da foto: Divulgação

A Prefeitura de Votorantim, na Região Metropolitana de Sorocaba, informou na manhã desta segunda-feira (27) que a cidade soma 108 casos confirmados de dengue. Desse total, 101 são autóctones e 7 importados. Há ainda 712 notificações aguardando confirmação.

O trabalho de combate ao mosquito Aedes aegypti, que além da dengue é transmissor do chikungunya e zika vírus, tem sido intensificado na cidade. Os agentes de endemias do Centro de Controle de Zoonoses iniciaram a semana com ações de bloqueios de casa a casa na região do Fornazari.

O monitoramento já passou pela região do bairro Itapeva, Núcleo Palmeirinha e Vila Domingues. De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesa), os agentes devidamente equipados com máscaras e luvas percorrem as residências com o objetivo de orientar o morador a ser um aliado no combate.

Seguindo protocolo de segurança, os agentes não estão entrando nas casas, eles fazem a orientação do portão, mantendo a distância necessária e adotando todos os cuidados tendo em vista a pandemia no novo coronavírus (Covid-19). Os moradores estão sendo orientados a manter diariamente a ação de eliminar os criadouros do mosquito. A ação é realizada nas regiões onde há casos confirmados ou suspeitos de dengue.

Segundo a Prefeitura, além das ações da Zoonoses a Secretaria de Serviços Públicos (Sesp) segue com ações de limpeza, capinação, roçagem, além de retirada de entulho e materiais inservíveis em diversos pontos da cidade.

De acordo com a Sesa, o munícipe que apresentar os sintomas da doença, como febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos e dores no corpo, deve procurar de imediato pela Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência.

Comentários