Covid-19 Sorocaba e Região

Voluntários da campanha de imunização podem ter prioridade de vacina contra Covid

Informação foi confirmada pela Prefeitura após comunicado a servidores da Educação vazar
O processo de imunização deverá ocorrer nos próximos dias, após a aprovação de uma das vacinas em teste. Crédito da foto> Marcel Scinocca (13/1/2021)

Servidores da Secretaria de Educação da Prefeitura de Sorocaba (Sedu) poderão migrar para o grupo prioritário da vacinação contra a Covid-19, caso se voluntariem no processo de imunização, que deverá ocorrer nos próximos dias, após a aprovação de uma das vacinas em teste. A informação foi confirmada ontem (13) pelo Executivo, após vazamento de documento que trata do assunto destinado a servidores da Sedu.

O comunicado 8 de 2021, de 7 de janeiro, da Sedu, afirma que “a Prefeitura de Sorocaba dará início ao plano de vacinação contra a Covid-19, e convida os servidores para atuarem como voluntários no apoio operacional do processo de vacinação”. O texto, assinado pelo titular da pasta, Márcio Bortolli Carrara, prossegue e afirma que os “servidores que atuarem como voluntários serão vacinados ao longo do processo de vacinação dos grupos prioritários”.

Leia mais  União tem 48h para se manifestar em ação sobre vacinação em Manaus

Os interessados devem preencher um formulário no site da Prefeitura de Sorocaba. O próprio documento já dá o caminho para o preenchimento do termo de voluntariado.

O documento, ao qual o jornal Cruzeiro do Sul teve acesso, direcionado a uma das equipes gestoras, ressalta que não poderão ser voluntários no processo de vacinação os servidores afastados em trabalho remoto, citando uma instrução normativa da Sedu, de 5 de janeiro deste ano. O documento finaliza, afirmando que “as equipes responsáveis pela campanha entrarão em contato com os voluntários ao longo do processo de vacinação, com informações mais detalhadas que se fizerem necessárias, quanto aos horários, datas e locais”.

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Comunicação (Secom) afirmou ao Cruzeiro do Sul que o comunicado é referente a um levantamento interno de informações “sobre o interesse de servidores que queiram atuar como voluntários na campanha de vacinação contra a Covid-19”. “A sondagem faz parte da preparação da Prefeitura, para que a imunização seja feita de forma ágil e organizada, em prol da população”, argumenta.

Leia mais  Condutor de carreta é preso, em Sorocaba, por transportar 3700 kg de drogas

Não há informação se o termo foi distribuído para os servidores de outros setores da Prefeitura de Sorocaba. Era exatamente isso que estava provocando receio de que a participação de voluntários não seria estendida para as demais pastas. A Prefeitura negou que a situação poderá gerar disparidade entre os servidores. “Não há disparidade e, se houver mais voluntários do que a necessidade, o critério será o número de matrícula mais antigo de cada servidor”, afirma.

A Secom lembra ainda que o Executivo estuda “verificar a viabilidade de inserir os servidores voluntários no público-alvo prioritário da campanha”. Por fim, a Prefeitura de Sorocaba garantiu que “não há troca de vacina por voluntariado”. “Todos serão vacinados conforme calendário oficial de imunização, válido para toda a população”, finaliza.

A Prefeitura de Sorocaba não respondeu se outros setores serão chamados para também aderir ao processo de voluntariado. (Marcel Scinocca)

Comentários