Buscar no Cruzeiro

Buscar

Visita do presidente Jair Bolsonaro na região movimenta Tapiraí

04 de Setembro de 2020 às 00:53
Ana Claudia Martins [email protected]

Visita do presidente Jair Bolsonaro na região movimenta Tapiraí Presidente Jair Bolsonaro chegou a Tapiraí de helicóptero, desembarcou no estádio municipal e conversou com autoridades. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (3/9/2020)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) visitou a cidade Tapiraí, na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), na manhã desta quinta-feira (3).

Foi a primeira vez que a cidade da RMS, de 7,7 mil habitantes, recebeu a presença de um presidente da República.

Acompanhado dos ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e da Justiça, André Mendonça, e do filho e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), o presidente chegou ao município de helicóptero por volta das 9h10.

No total, dois helicópteros com a comitiva presidencial pousaram no campo de futebol do estádio municipal Anthemo Victorio Pilan.

Visita do presidente Jair Bolsonaro na região movimenta Tapiraí Depois do pouso, o presidente foi em direção ao local onde estavam concentrados os apoiadores e interagiu com populares presentes. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (3/9/2020)

Esquema de segurança de Bolsonaro

Um forte esquema de segurança montado no entorno do estádio, com equipes do Exército, além de viaturas da Polícia Militar (apoio), uma viatura do Corpo de Bombeiros, e uma equipe da segurança presidencial, garantiu, dessa forma, a segurança do presidente.

Dentro do estádio, autoridades locais, como, por exemplo, o prefeito de Tapiraí, Alvino Marzeuski (PSDB); o vice-prefeito Gerson Luiz Glasser; o presidente da Câmara de Tapiraí, Joaquim dos Reis (PSB); além dos demais vereadores da cidade recepcionaram o presidente Bolsonaro.

Além disso, estiveram presentes também representantes das polícias Militar e Civil e, ainda, das igrejas católica e evangélica, e do empresariado local.

Mas organizadores da visita do presidente não permitiram a entrada da imprensa no estádio.

A prefeita de Itapetininga e atual presidente da RMS, Simone Marquetto (MDB), também esteve presente no estádio para recepcionar o presidente Bolsonaro.

No entanto, ela disse que foi convidada pelo gabinete do deputado estadual Frederico D’Avila (PSL).

Após a recepção dentro do estádio municipal, o presidente Bolsonaro saiu caminhando, junto a sua comitiva, pela rua lateral, onde foi montado um espaço para ele cumprimentar populares e seus apoiadores.

Havia, também, um espaço reservado para a imprensa. O presidente, entretanto, não falou com os jornalistas presentes e não concedeu entrevista.

Apoiadores de Bolsonaro

Na rua ao lado do estádio municipal de Tapiraí, em um espaço montado para populares e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, centenas de pessoas, muitas usando máscaras, aguardavam o presidente porque queriam cumprimentá-lo.

Com bandeiras do Brasil, camisetas verde e amarelo, e muitos celulares em punho, centenas de pessoas conseguiram cumprimentar o presidente Bolsonaro enquanto ele caminhava pela rua.

Contudo, seguranças e apoiadores seguiam ao lado do presidente, enquanto os populares estavam separados apenas por alambrados de ferro.

Mesmo assim, em alguns momentos, Bolsonaro carregou rapidamente em seu colo algumas crianças e posou para muitas fotos.

Alguns apoiadores chegaram a gritar “mito” para o presidente.

Após percorrer todo o trajeto planejado na rua para o cumprimento de populares e apoiadores, o presidente retornou ao estádio e, logo em seguida, embarcou em um dos helicópteros de sua comitiva presidencial.

Depois da passagem por Tapiraí, na RMS, Bolsonaro seguiu para o Vale do Ribeira, onde era aguardado, conforme sua agenda oficial, na cidade Pariquera-Açu, às 10h, no estádio municipal Lauro Lobo, para a apresentação do projeto sobre uma ponte.

Em seguida, às 12h, o presidente tinha agenda oficial em Eldorado, para a apresentação de outro projeto de ponte sobre o rio Ribeira.

O evento ocorreu na Câmara Municipal de Eldorado.

Nesta sexta-feira (4), o presidente Jair Bolsonaro é aguardado na cidade Registro, ainda no Vale do Ribeira, onde deverá visitar o complexo educacional Sesi e Senai, no bairro Agrochá. (Ana Cláudia Martins)

[gallery link="file" columns="2" size="full" ids="287496,287497"]

Prefeitos da Região Metropolitana de Sorocaba fazem pedidos

Pelo menos dois prefeitos de cidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) fizeram pedidos ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), durante a visita dele a Tapiraí, na manhã desta quinta-feira (3).

O prefeito de Tapiraí e anfitrião, Alvino Marzeuski (PSDB), disse que conversou rapidamente com o presidente Bolsonaro, mas deu tempo de fazer o pedido de recurso financeiro para investimentos na área de turismo no município.

“Eu pedi uma verba para investir em turismo na nossa cidade porque é sua vocação por natureza. Cerca de 80% da área de Tapiraí é de Áreas de Proteção Ambiental (APA), ou seja, é reserva. Então, nós temos muito potencial para o turismo”, afirma.

O prefeito disse que o presidente sinalizou positivamente ao pedido e que entregou um cartão, com o contato de sua assessoria, para que o pedido possa ser formalizado.

“Quero agradecer a visita do Bolsonaro e quero repetir que ele foi o primeiro presidente a visitar Tapiraí e isso nos deixou muito felizes e honrados”, aponta.

Já a prefeita de Itapetininga e presidente da RMS, Simone Marquetto (MDB), disse que também levou ao presidente uma reivindicação dos prefeitos da região sobre repasses para a área da saúde.

“Um dos assuntos sempre em pauta nas reuniões com os prefeitos da RMS é a questão dos repasses para a saúde, sobretudo com a pandemia. Então, os prefeitos precisam desses recursos e é isso que pretendemos assegurar”, disse Simone.

O deputado federal Capitão Derrite (PP) também acompanhou a visita da comitiva presidencial em Tapiraí.

Ele disse que já estava com a comitiva do presidente desde Brasília e que em breve pretende trazer Bolsonaro para Sorocaba.

Bolsonaro foi o assunto do dia

A visita do presidente Jair Bolsonaro foi o assunto do dia em Tapiraí.

O município de pouco menos de 8 mil habitantes jamais tinha recebido um presidente da República.

Nas ruas, no comércio, o único assunto era a visita de Bolsonaro.

Na padaria da avenida principal da cidade, a expectativa do proprietário, funcionários e clientes era a presença surpresa do presidente no estabelecimento, o que não ocorreu.

André Rafaneli, dono da padaria, disse que por conta do trabalho não iria até a rua do estádio municipal para ver o presidente.

“Votei nele, mas infelizmente não posso sair da padaria. Seria bom se ele viesse aqui e tomasse um café”, disse. (Ana Cláudia Martins)

Visita do presidente Jair Bolsonaro na região movimenta Tapiraí Sargento José desligou o telefonema de Bolsonaro duas vezes por achar que era trote. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (3/9/2020)

Ligação inusitada motiva ida à cidade

A visita do presidente Jair Bolsonaro em Tapiraí surgiu de um fato curioso, envolvendo um sargento da Polícia Militar do município, chamado José Aparecido Vieira.

Em maio deste ano, o presidente ligou no telefone do destacamento da PM no município e quem atendeu foi o sargento José.

Porém, ele não acreditou que quem falava do outro lado da linha era o presidente e desligou.

Em seguida, Bolsonaro retornou a ligação e, novamente, o sargento desligou achando tratar-se de um trote.

O fato curioso foi relatado pelo próprio presidente em uma live, em suas redes sociais, quando Bolsonaro revelou que tinha planos de passar pela cidade em breve no retorno a Eldorado, município onde ele morou até os 18 anos.

Primeiro a viagem estava prevista para junho, mas teve de ser adiada por conta da pandemia do novo coronavírus.

Posteriormente, Bolsonaro voltou a telefonar para o destacamento e prometeu fazer uma visita em Tapiraí e conhecer pessoalmente o sargento José.

Foi o que ocorreu nesta quinta-feira (3), no estádio municipal Anthemo Victorio Pilan, quando o sargento da PM recepcionou o presidente.

“Ele desceu do helicóptero e logo perguntou quem era o sargento que desligou o telefone porque achou que era um trote. Eu me apresentei e pedi desculpa ao Bolsonaro e nos entendemos e ficou tudo bem”, destaca.

O sargento disse ainda que ficou muito honrado por ter conhecido pessoalmente o presidente Bolsonaro e disse que a visita do presidente em Tapiraí jamais será esquecida.

“Foi um orgulho muito grande para toda a cidade ter recebido o presidente aqui. Nunca antes um presidente havia visitado Tapiraí, foi emocionante”, aponta.

Registro no livro da PM

Assim, a rápida passagem do presidente Jair Bolsonaro em Tapiraí também ficou registrada no livro de ronda da Polícia Militar de Tapiraí.

Um caderno onde são feitas anotações de ronda dos policiais militares na cidade recebeu uma mensagem e uma assinatura especial de Bolsonaro.

Mensagem e assinatura que o sargento José mostrava orgulhoso para a imprensa e demais presentes logo após a partida da comitiva presidencial.

“É uma lembrança que vai ficar guardada para sempre, foi um momento muito especial”, afirma o policial.

A capitão da PM de Tapiraí, Bruna Carolina dos Santos Martins, que também recepcionou e conversou com Bolsonaro disse que o presidente relatou que acabou se tornando um amigo do sargento José, e que pegou apreço pelo tratamento que recebeu daqui e por isso fez questão de vir conhecer pessoalmente a cidade Tapiraí, o comando da polícia. “Foi um fato inédito aqui para o município e que muito nos honrou”, disse ela. (Ana Cláudia Martins)