fbpx
Sorocaba e Região

Viação São Roque: Funcionários rejeitam parcelamento e greve continua

Nova audiência de conciliação ocorre quinta-feira (10), no TRT-15, em Campinas
Quatro cidades da RMS ficam sem ônibus intermunicipais na manhã desta segunda (29)
Viação São Roque estrá em greve há 17 dias. Crédito da Foto: Eric Mantuan/Arquivo JCS (28/4/2019)

Em assembleias nesta segunda-feira (7), os funcionários da Viação São Roque (VSR) rejeitaram a proposta feita pela empresa para pagamento parcelado dos débitos trabalhistas.

Com isso, a greve dos funcionários será mantida pelo menos até quinta-feira (10), quando ocorre nova audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15), em Campinas.

Leia mais  Viação São Roque: Funcionários votam proposta sobre greve na segunda

 

Na última audiência no TRT-15, semana passada, os representantes da VSR haviam proposto o pagamento parcelado da participação nos lucros e resultados (PLR) e as férias em dobro em dez parcelas, com vencimento todo dia 30, começando no mês de novembro; pagamento do tíquete-refeição de setembro no dia 15 de outubro e do tíquete-refeição de outubro no dia 30 do mesmo mês.

Contudo, os trabalhadores votaram por aguardar em greve a apresentação de uma nova proposta patronal de quitação da dívida trabalhista porque, conforme o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região, a Viação São Roque tem “histórico de descumprimento de acordo”.

Responsável pelo transporte coletivo intermunicipal entre São Roque, Mairinque, Alumínio e Ibiúna, na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), a empresa está com as atividades parcialmente paralisadas há 17 dias.

As linhas estão contando com 70% da frota em circulação em horário de pico, das 5h às 8h e das 16h às 20h, e 50% nos demais horários, atendendo medidas liminares. (Da Redação)

Comentários

CLASSICRUZEIRO