Covid-19 Sorocaba e Região

Vereador Cristiano Passos testa positivo para Covid-19

Ele é o décimo parlamentar a contrair a doença
Cristiano Passos testa positivo para Covid-19. Crédito da foto: Reprodução/Redes Sociais/Cristiano Passos

Atualizada às 16h16

O vereador Cristiano Passos (Republicanos) foi diagnosticado com o novo coronavírus, hoje (15). De acordo com o legislador, ele apresentou cansaço, dores no corpo e fraqueza, mas passa bem. Agora, ele e a esposa, que também testou positivo para o vírus, devem se recuperar em casa.

A assessoria ainda informou que o vereador realizou testes periodicamente. Em dezembro e no último dia 11 de janeiro, Passos fez exames sorológicos, que descartaram Covid-19. Entretanto, na quarta-feira (13), ele realizou o exame PCR, que constatou a infecção pelo vírus.

O parlamentar é o décimo vereador da Casa a contrair a doença. No momento, a Câmara Municipal sofre um terceiro surto do coronavírus, com cinco pessoas confirmadas e outras três aguardando os resultados dos exames. Para evitar a transmissão entre os funcionários, o legislativo passou a funcionar virtualmente desde esta sexta-feira (15).

Na legislatura anterior, ainda tiveram a doença os vereadores Hudson Pessini (MDB), Engenheiro Martinez (PSDB), Renan Santos (PDT), Luis Santos (PRB), Wanderley Diogo (PSC), Péricles Régis (MDB), Pastor Apolo (PSL), Vitão do Cachorrão (MDB) e o atual prefeito, Rodrigo Manga (Republicanos). Já neste ano, Cristiano Passos é o primeiro a ser diagnosticado com o vírus.

Leia mais  Polícia faz buscas contra suspeitos de furar fila em vacinação no RJ

Casos anteriores

O primeiro surto da doença aconteceu em agosto. À época, o legislativo foi fechado por 15 dias, após 13 funcionários se contaminarem. Entre eles, os vereadores Engenheiro Martinez e Luis Santos, que precisaram ser internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ambos se recuperaram do coronavírus.

Um novo surto foi anunciado em dezembro de 2020, quando Hudson Pessini, Péricles Régis, Wanderley Diogo e outros 4 funcionários foram afastados por conta da doença. Na ocasião, a Câmara de Vereadores também precisou ser interditada por 15 dias.

Desde o início da pandemia, a Casa Legislativa registrou 26 casos positivos do novo coronavírus, conforme o resultado dos exames aplicados na Câmara. (Kally Momesso)

Comentários