Buscar no Cruzeiro

Buscar

Várias regiões recebem alerta de tempestade

25 de Outubro de 2020 às 00:01

Várias regiões recebem alerta de tempestade Sorocaba também deve registrar chuvas e temperaturas entre 19ºC e 26ºC. Crédito da foto: Vinícius Fonseca / Arquivo JCS (9/10/2020)

Desde sexta-feira órgãos do governo federal advertem para a possibilidade de chuvas intensas, principalmente nas regiões sul, sudeste do País, além do sul da Bahia e Mato Grosso do Sul. O acumulado pode variar de 50 a 100 mm em 24 horas.

Em Sorocaba, segundo o Climatempo, a previsão para hoje é de chuva a qualquer hora do dia, com mínima de 19ºC e máxima de 26ºC. O sol pode aparecer entre nuvens. A chuva na cidade deve continuar amanhã, quando a temperatura máxima pode chegar aos 30ºC.

O aviso conjunto é resultante de metodologias de previsão e aponta a possibilidade de desastres naturais como enchentes, enxurradas, alagamentos, deslizamentos de terra e corridas de solo. Moradores das áreas de risco dessas regiões devem buscar locais seguros ou os serviços de defesa civil de sua cidade.

O alerta conjunto foi emitido pelas agências federais de monitoramento, que envolvem o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), Defesa Civil Nacional, Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Serviço Geológico Brasileiro (CPRM), Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Centro Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/Inpe) e pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Grande São Paulo

Várias regiões recebem alerta de tempestade Alerta de tempestades foi dado em conjunto por vários órgãos e Defesa Civil Nacional. Crédito da foto: Ante Vekic / Freeimages

O Inmet também emitiu alerta para a Grande São Paulo. Ontem, diz o instituto, a previsão era que, além da região metropolitana, áreas como Campinas, Ribeirão Preto, Bauru, Sorocaba e Presidente Prudente fossem afetadas. Hoje, com as chuvas, pode haver risco de deslizamentos por conta do solo encharcado.

Hoje, podem ocorrer, também, rajadas de vento e queda de granizo nas regiões sul e sudeste, especialmente nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, além de Mato Grosso do Sul.

Ciclone

O evento climático é decorrência da formação de um ciclone no oceano, próximo à costa do Rio de Janeiro e Espírito Santo, onde podem ocorrer ressacas na segunda-feira (26). Há a organização de um sistema de baixa pressão que deve originar esse ciclone subtropical e vai manter as condições favoráveis à formação de nuvens muito carregadas sobre Minas Gerais, Espírito Santo, Rio De Janeiro, Bahia, Goiás e Tocantins. (Da Redação)