Covid-19 Sorocaba e Região

Variante do coronavírus, parecida com a da África do Sul, é identificada em Sorocaba

Informação foi confirmada pelo Estado nesta quarta-feira (31); Prefeitura de Sorocaba fará coletiva de imprensa para tratar do tema

 

Identificada nova cepa brasileira do vírus
Foi realizada análise laboratorial de material genético colhido por instituto em Sorocaba. Crédito da foto: ShutterStock

 

Uma nova variante do coronavírus, parecida com a da África do Sul, foi identificada em Sorocaba. A informação é do Governo do Estado de São de Paulo e foi repassada durante apresentação do Centro de Contingência do Coronavírus no início da tarde desta quarta-feira (31). A situação motivou uma coletiva de imprensa na Prefeitura de Sorocaba, que deverá ocorrer também nesta quarta-feira (31), mas no final da tarde. Na terça-feira (30), o Cruzeiro do Sul buscou informações sobre o tema, mas não obteve resposta do Estado.

“A informação que nós temos é da identificação de uma variante sul-africana. Não é uma variante nova, mas ela é nova no Brasil. Não temos mais detalhes sobre esse caso, mas essa é a informação que recebi até o momento”, afirmou o diretor do Centro de Contingência do Coronavírus, Paulo Menezes.

Leia mais  Vacina russa Sputnik V tem eficácia de 97,6% em estudo no mundo real

Dimas Tadeu Cova, diretor do Instituto Butantan, afirmou que na terça-feira (30) foi concluída a análise laboratorial de material genético colhido pelo instituto e universidades que estão realizando as pesquisas em torno do tema. “Em Sorocaba foi identificada uma variante e que foi submetida ao trabalho. É uma variante assemelhada a da África do Sul, embora não haja histórico de viagem e de contato com viajante da África do Sul. Então, portanto, existe a possibilidade de que já seja uma evolução da nossa P1 (de Manaus) essa nova mutação da África do Sul”, afirmou.

A situação motivou uma coletiva de imprensa com o prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga (Republicanos). O encontro, onde a Prefeitura de Sorocaba deverá apresentar detalhes e diretrizes para o enfrentamento da situação, deverá ocorrer a partir das 17h.

Estado não respondeu

Ao menos um dia antes da informação oficial sobre a nova variante, o Cruzeiro do Sul questionou o Estado e o Butantan sobre a situação. O assunto veio à tona segunda-feira (29), quando a reportagem apurou que o Butantan esteve em Sorocaba ao menos duas vezes em função da nova variante. Não houve resposta, nem do Estado e nem do Butantan.

Leia mais  Vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira e terá três etapas

O que se sabe sobre a nova variante?

As mutações dos vírus são minúsculas mudanças genéticas que acontecem quando o vírus faz novas cópias de si mesmo. Não há estudos conclusivos sobre a possibilidade de maior letalidade da variante africana. Entretanto, há indicações, conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS), de que ela é mais contagiosa. Em fevereiro, na África, o vacina da Oxford-AstraZeneca chegou a ser suspensa porque não seria eficaz para casos leves. O problema, ainda segundo a OMS, também ocorreria com as vacinas fabricadas pela Novavax e Johnson & Johnson.

Comentários