Sorocaba e Região Um dia na História

Um dia na História

A comercialização do insumo em cada cidade era limitado por uma quota definida pelos fabricantes
Crédito da foto: Projeto Memória / Jornal Cruzeiro do Sul

As dificuldades enfrentadas pelo setor da construção civil em Sorocaba por conta da escassez de cimento ocupou a manchete do Cruzeiro do Sul que circulou no dia 21 de janeiro de 1951.

Naquele domingo, o jornal informou que diversos empreendimentos — tanto públicos como privados — iniciados na cidade estavam atrasados por falta do material.

De acordo com a reportagem, a comercialização do insumo em cada cidade era limitado por uma quota definida pelos fabricantes.

Para Sorocaba, por exemplo, a indústria Votoran destinava mensalmente um total de 6 mil sacas de 50 kg. A necessidade local média, no entanto, era de 10 mil sacos.

Para solucionar o problema, engenheiros e empreendedores sorocabanos do setor estavam solicitando que a empresa ampliasse a oferta mensal em, pelo menos, 4 mil sacos de cimento.

Comentários