fbpx
Sorocaba e Região

Trabalhadores do campo de provas da Ford em Tatuí continuam em greve

Os 270 trabalhadores reivindicam os mesmos benefícios que funcionários demitidos em outras plantas
Campo de Provas da Ford fica em Tatuí, na Região Metropolitana de Sorocaba. Crédito da Foto: Divulgação/Ford

Os 270 trabalhadores do Campo de Provas da Ford, que fica em Tatuí, na Região Metropolitana de Sorocaba, prosseguem com a greve que começaram no início da semana passada por causa de demissões anunciadas na unidade.

Leia mais  Ford encerra fábrica de São Bernardo e deixa mercado de caminhões

 

O Sindicato dos Metalúrgicos de Tatuí realizou na sexta-feira, dia 6, assembleia com os trabalhadores. A reivindicação é que eles tenham os mesmos benefícios que funcionários demitidos em outras unidades da Ford.

As demissões ocorreriam por reestruturação dos serviços da montadora no município. A Ford passa por reformulação em todo o País, com o anúncio do fechamento da fábrica em São Bernardo do Campo, que produz caminhões e o modelo Fiesta.

Sobre as demissões em Tatuí, a montadora respondeu ontem à reportagem do jornal Cruzeiro do Sul que “a Ford confirma que fará uma readequação em seu quadro de funcionários do Campo de Provas de Tatuí como parte do amplo processo de reestruturação organizacional feito pela montadora nos últimos meses.”

GM

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul informou que a General Motors demitiu 125 funcionários na fábrica de São Caetano do Sul, por meio de um plano de demissão voluntária (PDV), e outros 60 do Campo de Provas de Indaiatuba. A GM, porém, não confirma os números das demissões. (Da Redação, com informações de Estadão Conteúdo)

Comentários

CLASSICRUZEIRO