Buscar no Cruzeiro

Buscar

TCE pede informações sobre vacinação

31 de Janeiro de 2021 às 00:01

Crédito da foto: Secom Votorantim (21/01/2021)

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo deu prazo de cinco dias úteis para que para que Votorantim e mais 105 prefeituras do Estado prestem informações sobre as campanhas de imunização municipais contra o novo coronavírus.

O prazo começou a contar ontem. O TCE quer saber os métodos implantados para controlar as pessoas que já foram vacinadas, incluindo o cronograma para aplicação da segunda dose dentro do prazo fixado pelas fabricantes e procedimento aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O tribunal também pede informações sobre as medidas que serão adotadas em caso de descumprimento das orientações do Estado SP/Governo Federal e se a cidade está divulgando a relação dos cidadãos vacinados em seu site oficial contendo nome, ocupação e local de imunização, nos moldes determinados pelas Leis de Transparência e Acesso à Informação, conforme recente decisão da Justiça Federal.

Na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), além de Votorantim, o TCE quer as mesmas informações das cidades de Cesário Lange e Tietê.

A Prefeitura de Votorantim informou que ainda não recebeu a notificação oficial, mas que apresentará todas as respostas solicitadas e informou que, de antemão, todos os procedimentos da Secretaria de Estado da Saúde e do Ministério da Saúde foram seguidos.

Falando nisso...

O ex-esportista Simei Lamarca foi exonerado ontem em São Roque, onde era secretário municipal. Simei se envolveu na polêmica da vacinação na cidade de Votorantim. Ele foi flagrado na fila dos profissionais que buscavam a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Sobre a situação, ele alegou que procurou a unidade de Saúde de Votorantim para esclarecer sobre a possibilidade de vacinação, já que, além de gestor público, atua como profissional de educação física.

Para comerciantes

Na sexta-feira (29), o vereador Vinícius Aith (PRTB) protocolou um projeto de lei que institui o “Programa de Apoio a Bares, Restaurantes e Similares”, com isenção de impostos municipais, na intenção de reduzir os prejuízos causados pelas medidas restritivas, impostas pelo governo do Estado, nesse período de pandemia pelo coronavírus.

De acordo com a proposta, os comerciantes do ramo alimentício, incluindo os bares afetados pelo isolamento social, terão isenção de IPTU e ISS, proporcional ao período em que precisaram restringir o atendimento presencial aos clientes, e, consequentemente, sofreram redução no faturamento.

Gratuito

O Sesc Sorocaba realiza gratuitamente e de forma on-line a oficina “Como Funciona a Fotografia?” no dia 3, quarta, às 19h. Gustavo Sarti, educador de tecnologias e artes da unidade, explicará o conceito de abertura na fotografia e como esse recurso é utilizado em câmeras DSLR e celulares. A oficina continua no dia 10 de fevereiro, com videoaula sobre o conceito de velocidade.

Visita

A Secretaria Municipal da Cultura da Estância Turística de Salto recepcionou uma comitiva de Cabreúva que foi conhecer a integração dos painéis históricos com a sede do Museu da Cidade, o chamado Museu de Percurso.

O grupo foi formado pela secretária da Cultura e Turismo, Maria Daniela de Camargo Paulino; pelo chefe de Atendimento ao Turista, Thalita Freesz Marchiori; pelo chefe de Projetos e Desenvolvimento, Agnaldo Zicatti; e pelo secretário-adjunto de Cultura e Turismo, Marco Ribeiro.

A reimpressão desses painéis, instalados em locais públicos, e a ampliação do Museu de Percurso farão parte de uma série de melhorias e atividades pedagógicas que serão realizadas em comemoração aos 30 anos de atividades do Museu da Cidade de Salto.