Sorocaba e Região

Surto de virose na penitenciária de Iperó suspende visitas a detentos

Todos os 122 presos que apresentaram os sintomas foram medicados
Penitenciária de Iperó. Crédito da foto: Google Street View/Reprodução

Um surto de virose na penitenciária Odon Ramos Maranhão, no bairro Bela Vista, em Iperó, na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), suspendeu as visitas aos detentos da unidade prisional. O fato ocorreu no sábado (18) e domingo (19).

Leia mais  Estudante é apreendido ao fazer ameaças de ataque à escola de Iperó

 

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), 122 presos tiveram diarreia. Todos os sentenciados que apresentaram os sintomas foram atendidos e medicados pela equipe médica e enfermagem do setor de saúde da unidade, sem necessidade de remoção.

A SAP informou ainda, nesta quarta-feira (29), que a situação está sob controle e que não houve registro de nenhum outro caso. As movimentações internas e externas dos presos foram canceladas. A equipe de saúde da unidade também visitou os pavilhões e fez orientações de higienização para evitar novos casos.

Devido ao surto, foi realizada a desinfecção nas celas da penitenciária. Também houve a coleta de material para para análise laboratorial, que não detectou a presença de nenhuma bactéria, concluindo que o surto foi causado por um vírus.

Após ser informada sobre o surto, a Vigilância Sanitária do município suspendeu as visitas para evitar a disseminação da doença. A Secretaria ressalta que os familiares dos internos foram avisados sobre a suspensão.

O jornal Cruzeiro do Sul questionou a SAP sobre a suspensão das próximas visitas, que informou que já estão liberadas para ocorrer normalmente. (Da Redação)

Comentários