Sorocaba e Região

Sorocaba registra três casos de violação de medida protetiva em 4 horas

Casos foram atendidos pela GCM e um dos acusados foi preso
Os casos foram registrados na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Crédito da foto: Divulgação / GCM

Sorocaba registrou três casos de violação de medida protetiva obtidas por mulheres na noite desta terça-feira (3), em um intervalo de menos de quatro horas. Os casos foram atendidos pela Guarda Civil Municipal (GCM) após acionamento de um aplicativo de proteção da mulher (antigo Botão do Pânico). Um dos homens foi preso.

Segundo a GCM, o primeiro caso ocorreu por volta das 19h. Um homem de 43 anos, que possui 11 passagens policias por roubo, furto, agressão, foi até o portão da residência da ex-mulher e passou a ameaçá-la. Ele foi detido e encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), onde foi autuado, e depois recolhido ao sistema prisional.

No segundo atendimento, às 20h50, o homem também estava no portão da casa ameaçando a vítima, que acionou o aplicativo. Porém ele fugiu antes da chegada dos guardas.

Já às 22h40, houve um acionamento de uma mulher que tinha medida protetiva contra seu irmão. O homem estava dentro da casa da mãe, que é no mesmo terreno onde sua irmã reside. Ele foi detido e conduzido à DDM, mas foi ouvido e liberado por não ter sido notificado sobre a medida protetiva e não ter ameaçado a vítima nesse dia.

Comentários