Eleições 2020 Sorocaba e Região

Sorocaba já tem sete candidatos à Prefeitura

Esse número pode ser alterado até dia 26
Sorocaba já tem sete candidatos à Prefeitura
A corrida para o 6º andar do Paço já começou. Crédito da foto: Emídio Marques / Arquivo JCS

O cenário para a corrida eleitoral de Sorocaba está praticamente definido, salvo mudanças de última hora, até os registros das candidaturas, que se encerra em 26 de setembro. Até o momento, são sete chapas formadas. É o maior número de candidatos ao Executivo da cidade ao menos das últimas três décadas. A situação foi consolidada dentro do que adiantou na sexta-feira (11) o Cruzeiro do Sul.

Quem está na disputa, até agora

O PSDB definiu Maria Lúcia Amary, deputada estadual, como pré-candidata. O vice será o vereador Anselmo Neto (Podemos). Além do Podemos, a coligação conta com Cidadania, PMN, Rede e PV.

A prefeita Jaqueline Coutinho também é pré-candidata pelo PSL. Roberto Freitas (PSB) é o pré-candidato a vice. Na coligação, além do PSB, PSC, MDB e Patriotas.

O Psol definiu no dia 1º de setembro o nome do ex-deputado estadual Raul Marcelo como pré-candidato a prefeito. O vice na disputa é Paulo Estausia (PT).

Já o PDT tem como pré-candidato ao Paço o vereador Renan Santos. A vice será a advogada Rosana Batista. O partido realizou convenção sábado (12). A coligação conta com o PCdoB.

O Republicanos tem como pré-candidato Rodrigo Manga. Fernando da Costa Neto (PSD) é o vice. PRTB, PROS, PL, PP e PTC, além do Republicanos e PSD, fazem parte da coligação.

Já o Solidariedade tem como pré-candidato ao Executivo o líder comunitário e jornalista Carlos Péper. O vice na chapa será Leonildo Nicolete.

O DEM confirmou o médico e gestor Leandro Fonseca como seu pré-candidato. Na chapa puro sangue, Fernando Baddini será o candidato a vice. Foi o último partido a divulgar o nome do vice.

A situação do Avante em Sorocaba para a disputa eleitoral ainda depende de decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que deverá sair nos próximos dias.

Histórico

Em 2016, a eleição mais recente, José Crespo (DEM) venceu Raul Marcelo (Psol) no segundo turno. Entretanto, no primeiro turno eram cinco candidatos. Além dos dois já citados, pleiteavam a cadeira de chefe do Executivo Hélio Godoy (PSB), João Leandro (PSDB) e Glauber Piva (PT).

Em 2012, eram quatro candidatos. Na eleição vencida no segundo turno por Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), também concorreram Renato Amary (PMDB), Raul Marcelo e Iara Bernardi (PT).

Em 2008, Vitor Lippi (PSDB), atual deputado federal, venceu sua segunda disputa à Prefeitura de Sorocaba. Ele derrotou Hamilton Pereira (PT) e Raul Marcelo (Psol), à época participando de sua primeira eleição ao Executivo.

No ano de 2004, Vitor Lippi vencia a primeira eleição. Ele substituiu Luis Leite, que teve a candidatura impugnada. Lippi enfrentou José Crespo (à época PFL), Gabriel Bitencourt (PT), Gilberto Antunes (PSTU) e Chaves Neto (PPS).
2000 foi o ano da reeleição de Renato Amary, então filiado ao PSDB. Ele disputou com José Crespo, Hamilton Pereira, Chaves Neto, Antônio Luiz de Calegare Cenci (PHS) e Luiz Francisco da Silva (PSB).

Renato Amary se tornou prefeito pela primeira vez em 1996, quando disputou o pleito com Josenildo Pereira Leite (PSB), José Crespo, José Theodoro Mendes (PTB) e Iara Bernardi.

Já em 1992, quando Paulo Mendes foi eleito, disputaram José Crespo, Renato Amary, Hamilton Pereira e Nildo Leite. (Marcel Scinocca)

Comentários