Covid-19 Sorocaba e Região

Sorocaba detecta cinco variantes do coronavírus

Como consequência, houve uma “mudança abrupta do cenário epidemiológico” da cidade, informa a SES
Sorocaba detecta 5 variantes do coronavírus
Prefeitura adotou medidas ainda mais restritivas e criou barreiras sanitárias nas entradas da cidade. Crédito da foto: Fábio Rogério (25/3/2021)

Sorocaba detectou a presença de pelo menos cinco variantes do coronavírus desde o início da pandemia da Covid-19. Entre elas, a P.1 da Covid-19, conhecida como “variante de Manaus”, ou variante brasileira. Seis pacientes foram infectados pelas variantes e quatro deles morreram. Porém, o número de infectados e de óbitos pelas variantes pode ser maior, já que é feita uma análise por amostragem dos casos.

Segundo a Prefeitura de Sorocaba, a “variante de Manaus” é considerada de alto contágio em relação às demais e bastante preocupante por atingir pessoas na faixa etária entre 20 a 60 anos e até crianças.

O anúncio da “variante de Manaus” foi feito pelo prefeito Rodrigo Manga (Republicanos), por meio de uma live, nas redes sociais, na noite da terça-feira (23). E por conta dessa variante mais contagiosa, a Prefeitura anunciou medidas restritivas para escolas particulares, supermercados e postos de combustíveis, com o objetivo de intensificar, ainda mais, as ações de combate à Covid-19 na cidade. Também foram montadas barreiras sanitárias nas principais entradas da cidade para evitar a chegada de turistas.

Leia mais  Votorantim recebe doação de quatro ventiladores pulmonares

Para o secretário da Saúde, Dr. Vinicius Rodrigues, a detecção da variante justifica a “mudança abrupta do cenário epidemiológico” nos últimos sete dias, intervalo no qual, segundo ele, houve aumento de 90% nos casos da doença. “Precisamos da ajuda da população para conter a disseminação do vírus. Vamos continuar abrindo leitos, mas é uma variante muito transmissível que causou tudo aquilo em Manaus e hoje circula na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS).”

O prefeito também fez um apelo à população por conta da “variante de Manaus”. “Por favor, não saia de casa, não receba as pessoas em sua casa. É um momento bastante sério”, reforça.

Cinco variantes

Segundo a Prefeitura de Sorocaba, pelo menos cinco variantes do coronavírus já foram detectadas em circulação na cidade, desde o ano passado. São elas: B.1.1.7 (Reino Unido); B.1.1.143 (Minas Gerais); B.1.1.28; B.1.1.33 e P.1 (Manaus).

Conforme a Secretaria da Saúde (SES), a detecção da variante do coronavírus é feita por meio de uma análise por amostragem e o sequenciamento é feito pelo governo estadual, via Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE).

Leia mais  Dois morrem em acidente na zona norte de Sorocaba

A SES informa ainda que seis pacientes confirmadamente foram infectados pelas variantes na cidade, sendo que quatro deles vieram a óbito. Uma morte ocorreu em fevereiro e três em março.

Ainda conforme a SES, diante da mudança abrupta do cenário epidemiológico, no começo de março em todo o País, assim como no Estado e na cidade, havia indícios de circulação de novas cepas do coronavírus em Sorocaba, mas a confirmação ocorreu somente no último dia 23 de março. (Ana Cláudia Martins)

Comentários