Buscar no Cruzeiro

Buscar

Setembro teve maior formalização de MEIs do ano em Sorocaba

25 de Outubro de 2020 às 00:01

Setembro teve maior formalização de MEIs do ano em Sorocaba Os números de Sorocaba fazem parte de um crescimento nacional. Crédito da foto: Divulgação / Sebrae-SP

As formalizações de microempreendedores individuais (MEIs) atingiram, em setembro, o maior patamar do ano em Sorocaba. Dados do Portal do Empreendedor apontam que houve 1.089 regulamentações do gênero no mês passado. O índice registrado também é mais elevado do que em setembro de 2019, quando 861 formalizações foram realizadas na cidade. Em um ano, 9.639 novos MEIs ficaram aptos para atuar no mercado de trabalho.

Os números de Sorocaba fazem parte de um crescimento nacional. De janeiro a setembro de 2020, a quantidade de MEIs cresceu 14,8% no país, na comparação com o mesmo período do ano passado, chegando a 10,9 milhões de registros.

Setembro teve maior formalização de MEIs do ano em Sorocaba O Espaço Empreendedor e o Sebrae auxiliam na abertura e regularização de MEIs. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (8/10/2020)

Apesar da pandemia do novo coronavírus ter uma parcela de responsabilidade sobre o aumento, esse crescimento não é um fenômeno novo, como lembra Henrique Rafael da Silva Romão, economista e professor da Universidade de Sorocaba (Uniso). “Nos últimos anos, houve um crescimento representativo de MEIs por conta do desemprego. Isso fez com que as pessoas procurassem alternativas simples, rápidas e de baixo custo. Então, esse não é um efeito novo, mas a pandemia trouxe uma aceleração, já que impactou em alguns segmentos e fez com que aqueles que trabalhavam na informalidade procurassem a formalização”, explica.

Marcelo Azevedo, analista de negócios do Sebrae-SP, concorda que a pandemia teve impacto nesse crescimento, mas cita uma convergência de fatores para o cenário. Além de pessoas que perderam o emprego, ele destaca que empresas e profissionais viram necessidade de flexibilizar o trabalho. “Muitos profissionais informais tiveram que buscar a formalização e empresas passaram a contratar mais serviços prestados pelos MEIs”, pontua.

O coordenador do Espaço Empreendedor de Sorocaba, Marcos Lensk, também enxerga uma mudança de perfil de emprego nesse boom das formalizações. “Houve uma migração do trabalho tradicional para o empreendedorismo, com trabalhadores de algumas áreas saindo dessas categorias convencionais. Isso também está acontecendo na pandemia, período que nos mostra que ainda existem recursos para absorver novos negócios”, afirma.

Setembro teve maior formalização de MEIs do ano em Sorocaba Marcos Lensk: houve uma migração do trabalho tradicional para o empreendedorismo. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (23/5/2018)

Lensk aponta as áreas de promoção de vendas, vestuário, alimentos, transportes, estética e obras de manutenção predial como as que mais recebem MEIs. “Na pandemia, também houve um crescimento para serviço de apoio administrativo, que são atividades de escritório que podem ser feitas à distância”, completa.

Oportunidade e necessidade

Marcelo Azevedo afirma que a busca por empreender é feita por oportunidade ou necessidade. “O ideal é que seja pela oportunidade, com algum planejamento e investimento em algo que a pessoa sabe fazer. Mas, há momentos de mudanças econômicas e políticas em que surgem as necessidades”, frisa.

O posto de atendimento do Sebrae, na avenida General Carneiro, 919, pode ser procurado por aqueles que buscam orientações e auxílio para a formalização de MEIs, inclusive com possibilidade de videoconferências. É possível solicitar informações pelo telefone 0800 570 0800 e pelo site www.sebrae.com.br.

O Espaço Empreendedor, órgão ligado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, também auxilia na abertura e regularização de MEIs. Por conta da pandemia, é necessário fazer um agendamento pelo site www.sorocaba.sp.gov.br. (Erick Rodrigues)