Covid-19 Sorocaba e Região

Secretário estadual nega reclassificação de Sorocaba no Plano São Paulo

Marco Vinholi, do Desenvolvimento Regional, descartou mudança de fase antes da próxima atualização do plano pelo Estado
Casos de Covid-19 em Sorocaba
Vista geral da cidade. Crédito da Foto: Pedro Negrão/Arquivo JCS (20/9/2013)

 

Não haverá reclassificação de fase para nenhuma cidade da região, incluindo Sorocaba. A informação é da prefeita de Itapetininga, Simone Marquetto (MDB). A definição é do secretário de Desenvolvimento Regional (SDR), Marco Vinholi, e ocorreu durante uma reunião, nesta segunda-feira (25), com prefeitos e autoridades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS).

O encontro virtual tinha como objetivo discutir questões econômicas e sanitárias e a possibilidade dos 27 municípios da RMS mudarem da fase no Plano São Paulo. Sorocaba e mais 26 cidades da RMS estão fase vermelha por determinação do governo do Estado de São Paulo, desde sexta-feira (22). A reunião contou com a presença de 34 pessoas de 18 cidades.

“Não haverá mudança para nenhuma cidade e também não haverá mudança de forma isolada”, lembrou a prefeita, segundo a fala do secretário. Ainda conforme a chefe do Executivo de Itapetininga, o secretário lembrou que a cidade que descumprir o Plano São Paulo poderá ter problemas jurídicos. “Ninguém que ficar na fase vermelha. Mas a gente entende que o enfrentamento vai gerar uma discórdia muito grande. Entendemos que é ruim para a economia. Não estamos felizes com isso”, garante a prefeita. “Não temos autonomia para descumprir um decreto do Estado”, pondera.

Leia mais  Alto da Boa Vista recebe lançamento de empreendimento moderno
Simone reeleita
Simone Marquetto, prefeita de Itapetininga. Crédito da Foto: Ednilson Jodar Lopes / Arquivo JCS (22/3/2019)

 

A presidente da RMS ainda lembrou que toda a situação poderá gerar caos, caso não haja um ponto de equilíbrio. “Esse enfrentamento não é o caminho.”

A reportagem do Cruzeiro teve acesso aos detalhes da reunião, incluindo a fala de Vinholi. Ele disse, entre outras coisas, que só poderá haver uma reclassificação após os novos leitos em implementação estiverem abertos e funcionando. “Nós seguimos assim até a próxima atualização”, disse. Ele passou a falar dos leitos hospitalares, quando disparou. “Nesse sentido, mesmo tivesse qualquer reclassificação, hoje, amanhã, ou quarta-feira, a região ainda tem índice de fase vermelha. Então, não tem qualquer tipo de alteração”, confirmou.

Vinholi, em outro momento, voltar a falar da impossibilidade evolução de fase no Plano São Paulo e lembrou da ocupação acima dos 75% dos leitos de Sorocaba. Segundo ele, essa questão foi tema do encontro entre ele e o prefeito Rodrigo Manga (Republicanos). “Portanto, não é possível qualquer alteração de fase vermelha para a fase laranja.”

Estavam presentes na reunião representantes das cidades de Alumínio, Araçoaiba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itu, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Tatuí, Tietê, Votorantim e Itapetininga. O evento também contou com a presença de deputados, incluindo Maria Lucia Amary e Vitor Lippi, ambos do PSDB, e do diretor da Agência da Região Metropolitana, Márcio Tomazela. Sorocaba não tinha representante na reunião.

Comentários