Sorocaba e Região

Secretário da Habitação, prefeitas e deputados participam de Fórum

Segundo dia do evento acontece no Parque Tecnológico de Sorocaba
Secretário de Habitação, prefeitas e deputados participam hoje de Fórum
Renato Gianolla abordou os desafios das grandes metrópoles. Crédito da foto: Fábio Rogério (5/12/2019)

O Fórum “Cidades Inteligentes: Tendências” prossegue hoje, segundo e último dia do evento, com programação que prevê para o fechamento do encontro a formalização da criação do Comitê de Cidades Inteligentes. Liderado pela Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Sorocaba (Aeas) e aberto para as demais entidades, o Comitê terá o intuito de promover e integrar ações relacionadas ao “Smart Cities” que possam ser implantadas no município de Sorocaba.

O Fórum foi aberto ontem pela manhã com mais de 300 inscritos, segundo avaliação do presidente da Aeas, José Carlos Carneiro, e realizado no auditório da Faculdade de Engenharia de Sorocaba (Facens). Os trabalhos de hoje serão realizados no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS). A programação abordará temas sobre economia, empreendedorismo e inovação, governança, urbanização, tecnologia e comunicação, além de abrir espaços para debates entre os especialistas convidados e o público presente.

Leia mais  Barreiras sanitárias abordam 20 mil veículos em Sorocaba
Secretário de Habitação, prefeitas e deputados participam hoje de Fórum
José Carneiro, da Aeas. Crédito da foto: Fábio Rogério (5/12/2019)

Entre os especialistas nos diversos temas e convidados para a programação de hoje estão as prefeitas Jaqueline Coutinho (PDT), de Sorocaba, e Daniela Brito (PSB), da cidade de Monteiro Lobato. Além do secretário estadual da Habitação, Flávio Amary, dos deputados federais Jefferson Campos (PSB) e Vitor Lippi (PSDB), e do presidente do PTS, Roberto Freitas.

Na programação de ontem, entre os convidados estava a assessora do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, Regiane Romano, e o especialista na área de mobilidade, Renato Gianolla, que foi secretário de Transportes em Sorocaba e presidente da Urbes em administrações recentes.

Na sua fala, Gianolla abordou, entre várias outras questões, o desafio de manter “a cidade que queremos” frente à desproporção entre o aumento constante da população e o espaço urbano cada vez mais reduzido. Entre as saídas dentro do conceito de Cidades Inteligentes, ele enumerou como propostas a necessidade de melhoria do transporte coletivo e o desestímulo ao transporte individual — o que não significa proibir, mas evitar o uso indiscriminado de carros. (Da Redação)

Comentários