Sorocaba e Região

Secretaria da Saúde alerta para circulação viral do sarampo

A Vigilância Epidemiológica orienta que é necessário manter o monitoramento de casos
Saúde alerta para circulação viral do sarampo
SES ressalta que a vacina é a melhor forma de prevenção da doença. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (12/8/2019)

A Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES) informou nesta quinta-feira (9), em boletim epidemiológico, o registro de quatro casos confirmados de sarampo neste ano. Em 2019 foram 76. Nenhum óbito foi registrado. A Vigilância Epidemiológica Municipal orienta que é necessário manter o monitoramento de casos, especialmente nos meses de inverno quando ocorre maior intensidade de circulação viral.

A SES ressalta que a vacina é a melhor forma de prevenção da doença. Em 2019 a vacinação contra sarampo foi estendida para crianças a partir de 6 meses, além das doses de rotina aplicadas aos 12 e 15 meses de idade. Todos as pessoas de 1 a 29 anos devem ter comprovação de duas doses ministradas, enquanto indivíduos de 30 até a 59 anos, uma dose de vacina contra o sarampo.

Pessoas acima de 60 anos não necessitam comprovação de vacinação, pois em geral tiveram contato com o vírus na infância, sendo consideradas imunes. Pessoas pessoas que apresentem febre e exantema (manchas vermelhas no corpo) associados a sintomas respiratórios, procurem atendimento médico e sigam as orientações de afastamento do convívio social enquanto estiverem no período de transmissão, que é de seis dias antes da aparição das manchas, até quatro dias após. (Da Redação, com informações da Prefeitura de Sorocaba)

Comentários