Eleições 2020 Sorocaba e Região

Retomada econômica em Sorocaba preocupa Jaqueline Coutinho

Uma das principais preocupações da candidata é criar mecanismos para atrair mais investimentos para a cidade
Retomada econômica preocupa Jaqueline
Jaqueline Coutinho, candidata à reeleição pelo PSL. Crédito da foto: Fábio Rogério (10/11/2020)

A candidata à prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho (PSL), pela coligação “Sorocaba, força e união para crescer”, visitou o jornal Cruzeiro do Sul, na terça-feira (10). Durante entrevista, ela falou sobre os desafios para regularizar a situação financeira da Prefeitura de Sorocaba quando assumiu a gestão e destacou como sua prioridade, caso vença a eleição, a criação de ferramentas para a retomada econômica para favorecer as demais áreas no Executivo.

A candidata abriu a entrevista respondendo sobre a saúde financeira do município, que segundo ela está sob controle. “Tivemos que reequacionar esse orçamento, diminuindo despesas, para chegar no fim do ano com as contas públicas em ordem. E ainda assim, fizemos muito na área de saúde”, afirma. “Nós fizemos um contingenciamento de R$ 280 milhões no orçamento. Não tinha jeito. Ou contingenciava, ou a gente não tinha como dar andamento às atividades da administração”, explica sobre 2019.

Leia mais  PF cumpre buscas na residência de falso policial federal em Sorocaba

Jaqueline Coutinho também destacou como um ponto importante de sua gestão a criação da Controladoria-Geral do Município. “Isso garante transparência, modernidade e agilidade”, diz. Outro ponto lembrado foi o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

Para a candidata, a criação de ferramentas para retomada econômica é a principal matriz na eventualidade de uma nova gestão. “Retomada econômica, como você faz isso? Atraindo investimentos, atraindo empreendimentos, fazendo o que tem que fazer, que é desburocratizar a administração”, comenta. Processos digitais e projetos eletrônicos fazem parte dos acessórios nesse processo. “Lógico, sempre cercado da questão da transparência, de segurança jurídica. Isso é o pontapé”, afirma. Ela lembrou que mais de 5% das empresas de Sorocaba, cerca de quatro mil, iniciaram atividades na cidade no último ano.

Roberto Freitas (PSB), candidato a vice, lembrou que a Prefeitura de Sorocaba é maior empresa que Sorocaba possui e tem alto poder de compra e será feito um projeto de aquecimento da economia local, favorecendo a compra no comércio da cidade.

Leia mais  Votorantim tem 45 novos casos de Covid-19, e Araçoiaba, 15

Jaqueline Coutiho e Roberto Freitas foram recebidos por César Augusto Ferraz dos Santos, presidente do Conselho de Administração da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), mantenedora do jornal Cruzeiro do Sul, por Marco Aurélio Laham Dottore, Ricardo Benitez Martins, membros do Conselho de Administração, e ainda por Luiz Antonio Zamuner, do Conselho Editorial. (Marcel Scinocca)

Comentários