Sorocaba e Região

Regularização fundiária beneficiará quatro bairros de Sorocaba

No início da semana, o prefeito José Crespo ratificou a ordem de serviço do programa Cidade Legal
IPTU complementar é emitido para mais 45 mil contribuintes em Sorocaba
Cerca de 400 imóveis devem ser regularizados nos quatro bairros. Crédito da foto: Erick Pinheiro (17/7/2018)

Os bairros Jardim Excelsior e Vila dos Dálmatas estão passando pelo processo de levantamento topográfico, procedimento preparatório para a regularização fundiária. O mesmo, segundo a Prefeitura, será feito, em breve, nos bairros Ana Maria Leme e Jardim Abatiá. Cerca de 400 imóveis devem ser regularizados nesses locais. Outros 515 imóveis no Conjunto Habitacional Herbert de Souza — Sorocaba D também devem receber a escritura definitiva em breve, diz a Prefeitura.

No início da semana, o prefeito José Crespo ratificou a ordem de serviço do programa Cidade Legal. A assinatura da ratificação aconteceu durante visita à Secretaria da Habitação do Estado de São Paulo. Na mesma ocasião Crespo assinou a Escritura de Doação que transmitiu a área onde está implantado o Conjunto Habitacional Herbert de Souza Sorocaba D, à Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). Este ato viabilizará a regularização fundiária de 515 imóveis do conjunto.

Leia mais  Prefeitura pretende zerar ITBI para pessoas de baixa renda

“Muitas famílias da nossa Sorocaba precisam da escritura definitiva, e com a parceria que temos com a Secretaria de Habitação de São Paulo, poderemos avançar ainda mais neste objetivo. Desta vez ,poderemos viabilizar a regularização fundiária de mais de 900 imóveis”.

Já o secretário Fabio Camargo disse que “os quatro bairros possuem uma população que ocupa o local há mais de 20 anos e não possuem sua escritura. Com a parceria da Secretaria da Habitação do Estado por meio do Programa Cidade Legal, liderado pelo secretário Flavio Amary, e também da nossa equipe da Secretaria da Habitação e Regularização Fundiária de Sorocaba, poderemos garantir a escritura definitiva para mais de 400 famílias”, disse. (Da Redação)

Comentários