Buscar no Cruzeiro

Buscar

Crime

Polícia pede prisão de suspeito de matar a companheira em Salto

O homem está foragido; o caso ocorreu no dia 6 de fevereiro, no Jardim Santa Cruz

12 de Fevereiro de 2024 às 10:18
Cruzeiro do Sul [email protected]
A Delegacia de Salto investiga o caso
A Delegacia de Salto investiga o caso (Crédito: Cida Haddad/Eko Digital)

*Atualizada ás 11h10

A Polícia Civil pediu a prisão temporária do homem suspeito de matar a companheira, de 45 anos, em Salto, na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS). Ele continua foragido. O crime ocorreu no dia 6 de fevereiro, no Jardim Santa Cruz. O caso foi registrado na delegacia do município. 

De acordo com a polícia, durante a apuração, a equipe do Setor de Investigações Gerais (SIG) chegou até o companheiro da vítima que, conforme as informações obtidas, foi visto saindo da casa dela logo após o assassinato. Diante do material coletado e pelo do fato de o homem ter fugido do local, o delegado responsável pelo caso solicitou a prisão temporária do suspeito, a qual foi decretada pela Justiça. 

Agora, a Polícia Civil segue empenhada em localizar e prender o investigado.

O caso

O corpo da vítima foi encontrado por familiares em 6 de fevereiro, na residência onde ela morava. Na ocasião, a família informou a policiais militares acionados para atender à ocorrência que o corpo da vítima apresentava diversas perfurações. Ainda conforme a família, o autor do crime seria o companheiro da mulher.

O caso é investigado pela Delegacia de Salto, como feminicídio. (Da Redação)