Sorocaba e Região

Região deve receber mais 61.650 doses da Coronavac; 18.490 doses irão para Sorocaba

Sorocaba deverá receber o maior quantitativo entre as 33 cidades, novas datas de vacinação serão divulgadas em breve
Novo lote de vacinas deve chegar a Sorocaba amanhã
Doses da vacina CoronaVac, do Instituto Butantan. Crédito da foto: Pedro Negrão (10/2/2021)

A região de Sorocaba deve começar a receber nesta quarta-feira (24) mais 61.650 doses da vacina Coronavac, do Instituto Butantan, para dar seguimento ao programa de imunização contra a Covid-19 em 33 municípios. A cidade Sorocaba receberá a maior parcela, de 18.490 doses. A Prefeitura de Sorocaba ainda não divulgou quando retomará a campanha de vacinação de idosos na cidade. A previsão é que seja ainda nesta semana.

Em entrevista coletiva  no início da noite desta segunda-feira (22), a Prefeitura de Sorocaba informou que espera receber, nos próximos dias, um quantitativo expressivo de doses e com isso pretendia antecipar a imunização para os idosos já nesta quarta (24) ou quinta (25), para a faixa etária de 67 anos ou mais. Porém,o o calendário oficial da continuidade da vacinação de idosos em Sorocaba ainda não foi divulgado.

Leia mais  Mais 62 mortes são registradas na cidade; 61 pessoas esperam UTI

Municípios contemplados

Os municípios divulgados pela DRS-16, que devem receber as doses são: Alambari, Alumínio, Angatuba, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Campina do Monte Alegre, Capão Bonito, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Guareí, Ibiúna, Iperó, Itapetininga, Itu, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Quadra, Ribeirão Grande, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Tatuí, Tietê e Votorantim.

A informação a respeito do recebimento das doses foi divulgada pelo Departamento Regional de Saúde (DRS-16), no início da tarde desta terça-feira (23), em contato com a deputada estadual Maria Lucia Amary (PSDB). “Estou em permanente contato com o Governo do Estado para que a nossa tenha o total apoio para recebimento das doses de vacina e imunizar o maior número de pessoas o mais breve possível”, afirma a deputada. (Da Redação)

Comentários