Sorocaba e Região

Região de Sorocaba reduz latrocínios e furtos em agosto, diz SSP

Roubos também tiveram queda, mas incidência de homicídios dolosos e estupros aumentou
Homem é preso suspeito de furtar itens de veículo em Sorocaba
Furtos em geral recuaram 13,18% em relação a agosto/2018. Crédito da foto: Arquivo/GESP (21/4/2018)

A região de Sorocaba terminou o mês de agosto de 2019 com redução nos casos e vítimas de latrocínios, em todas as modalidades de furtos e nos roubos em geral, a banco e de veículo. Os dados foram informados pela Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública (SSP-SP).

Leia mais  Batalhão de Ações Especiais pode chegar a Sorocaba só em 2022

 

No período, conforme os indicadores, não houve ocorrências de extorsões mediante sequestro e o número de prisões realizadas pelas polícias paulistas foi recorde. Tanto os casos como as vítimas de roubos seguidos de morte recuaram de dois para um, se comparado o oitavo mês de 2018 e 2019.

Não houve extorsões mediante sequestro no período. Essa é a 18° vez em toda a série histórica do mês de agosto que ficam zeradas.

Já os homicídios dolosos subiram no mês. Tanto o número de boletins de ocorrência quanto o de vítimas passaram de sete para nove. Mesmo assim, as taxas dos últimos 12 meses (de setembro de 2018 a agosto de 2019) caíram para 5,14 casos e 5,24 vítimas para cada grupo de 100 mil habitantes da região de Sorocaba. Os índices são os menores da série histórica.

Os estupros também tiveram alta no período, com dois casos a mais e 107 registros em agosto deste ano.

Furtos e roubos

Todas as modalidades de furtos reduziram no oitavo mês de 2019. Em comparação com agosto de 2018, os furtos em geral recuaram 13,18%, passando de 2.254 para 1.957 – 297 casos a menos e o menor número da série histórica. É a primeira vez que a quantidade fica abaixo de 2.000.

Nos furtos de veículo a queda foi ainda maior. Com uma diferença de 118 ocorrências, o número passou de 379 para 261 (-31,13%).

O indicador de roubos em geral caiu 7,56% no oitavo mês deste ano em comparação com igual período de 2018. Foram 367 casos registrados neste ano, contra 397 – 30 a menos.

Os roubos de veículos caíram ainda mais. Com uma redução de 49,56% e 56 ocorrências a menos, a quantidade passou de 113 para 57 – o menor número da série histórica.

Não houve registros de roubo a banco em agosto na região. Essa é a 13ª vez que o indicador fica zerado no mês. Em contrapartida, os roubos de carga subiram de 10 para 12 casos.

Produtividade

O trabalho das polícias paulistas na região de Sorocaba, no oitavo mês do ano, resultou em um aumento de 2,39% no número de prisões (de 1.591 para 1.629) – resultado recorde para o período.

Além disso, 73 armas ilegais foram retiradas das ruas e 325 flagrantes de tráfico de entorpecentes foram registrados. (Com informações da Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública)

Comentários