Sorocaba e Região

Região de Sorocaba entra na fase vermelha nesta segunda-feira

Fase é a mais restritiva do Plano São Paulo, com fechamento de comércios e serviços não essenciais. Prefeitos tentam flexibilizar regras.
Sorocaba registra 142 pessoas recuperadas da Covid-19 em 24 horas
Região Sorocaba entra na fase vermelha nesta segunda-feira (25). Crédito da foto: Erick Pinheiro

A região de Sorocaba entra na fase vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo, a partir desta segunda-feira (25). A medida, anunciada na última sexta-feira (22), é válida pelo menos até o dia 7 de fevereiro.

Na fase vermelha, é permitida a abertura de estabelecimentos considerados essenciais, como mercados e supermercados, farmácias, clínicas e hospitais, postos de gasolina, oficinas mecânicas, padarias (sem consumo no local), bancos e pet shops, dentre outros.

Entre os estabelecimentos com funcionamento vetado na fase vermelha, estão os shoppings, galerias, comércio e prestadores de serviços em geral, salões de beleza, barbearias, academias de ginástica, espaços de eventos e convenções, museus, cinemas, teatros e espaços culturais. Além disso, restaurantes, lanchonetes, bares e outros espaços de gastronomia podem funcionar apenas para delivery e venda para levar (take away).

A região de Sorocaba compreende um total de 48 cidades na área de abrangência da Diretoria Regional de Saúde de Sorocaba (DRS-16). Além dessas cidades, as regiões de Barretos, Bauru, Franca, Marília, Presidente Prudente e Taubaté também estarão na fase vermelha do Plano São Paulo, com fechamento de comércios e serviços não essenciais.

Após uma reunião neste domingo (24), prefeitos da região de Sorocaba montaram uma comissão para tentar negociar uma flexibilização do Plano São Paulo. A iniciativa visa levar essas propostas à reunião com o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi. O encontro, que será em São Paulo, já foi agendado pelo prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga, para esta segunda-feira (25). (Da Redação)

Comentários