Sorocaba e Região

Recadastramento para unidades habitacionais gera enorme fila em Votorantim

O atendimento vai até o dia 14 de abril
O atendimento ocorreu no Aquário Cultura, em Votorantim. Crédito da foto: Prefeitura de Votorantim

Centenas de pessoas compareceram na manhã desta segunda-feira (14), ao Aquário Cultura Claudir Calixto Mainardi, para a realização do recadastramento visando à aquisição das 1.776 unidades habitacionais de interesse social que serão construídas na cidade, pelo consórcio vencedor do chamamento público realizado no ano passado. A ação é promovida pela Prefeitura de Votorantim, por meio da Companhia de Habitação Popular (Cohap).

Pela manhã, uma enorme fila foi formada na praça Lecy de Campos, perto do prédio do Aquário Cultura. O vereador Ita, de Votorantim, publicou em suas mídias sociais um vídeo mostrando o movimento de pessoas pelo local.

FALTA DE RESPEITO COM A POPULAÇÃO

FALTA DE RESPEITO COM A POPULAÇÃONo primeiro dia de recadastramento, o que vimos foi uma fila quilométrica. As pessoas no sol escaldante. Uma verdadeira falta de respeito. Muitos estão ali, mas com poucas informações. Não sabem que o valor médio das casas a serem construídas entre o Jardim Cristal e o Jardim São Lucas, por meio do Programa Minha Casa Minha Vida, será de R$ 139 mil. Daí a necessidade de se realizar uma audiência pública para esclarecer todas as dúvidas. Vou continuar atento a toda esta situação. Vale lembrar que o recadastramento segue até 14 de abril, no Aquário Cultura – Praça de Eventos Lecy de Campos, Centro –, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

Publicado por Ita Vereador em Segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

O recadastramento se estenderá até o dia 14 de abril. Neste primeiro momento o atendimento será feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, com a distribuição de 500 senhas por dia. Já aos sábados serão distribuídas 250 senhas e o atendimento será das 9h às 13h.

O prefeito Fernando de Oliveira Souza acompanhou o primeiro dia de atendimento e distribuição das senhas. “É importante que as pessoas mantenham a tranquilidade, pois o prazo para o recadastramento vai até o dia 14 de abril e todos os moradores de Votorantim, interessados em participar, serão cadastrados”, ressalta.

Também estiveram presentes no início do cadastramento o vice-prefeito Alessandro Baeza (Lê Baeza), além dos secretários municipais de Negócios Jurídicos, Fiore Graziosi; Cidadania e Geração de Renda, Luciane Conegero; Administração, Fábio Lugari; Desporto, Raul Bueno; Meio Ambiente, Antônio Wilson Miramontes e o presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Município de Votorantim (Agerv), Antônio Carlos Domingues da Cruz.

O programa

O Programa Habitacional Villa Bela Votorantim será realizado em uma área de 289 mil metros quadrados, localizada entre o Jardim Cristal e o Jardim São Lucas. As moradias serão construídas dentro dos critérios do programa Minha Casa Minha Vida, da Caixa Econômica Federal.

De acordo com o presidente da Cohap, Antônio Pedro Ferraz, mesmo quem já esteja cadastrado na companhia deverá renovar os dados, fazendo pessoalmente o recadastramento. “Contamos com 25 pessoas diariamente para atender o público”, explica. Ele destaca ainda que apesar da fila, que estava extensa nas primeiras horas da manhã, se estendendo por toda a Praça de Eventos, todos receberam senhas e com isso poderão voltar ao longo da semana”, completa.

Leia mais  Corpo de piloto de moto aquática é encontrado na represa de Itupararanga

 

O gerente regional da empresa responsável pelo cadastramento, Allyson Caire explica que para fazer o cadastro a pessoa deve apresentar o número do CPF e um contato telefônico. Ele ressalta ainda que todos os interessados devem residir em Votorantim e devem citar o valor de seus rendimentos. Já na segunda fase do cadastramento, os inscritos serão convocados para fazer a apresentação dos documentos e comprovação de renda. “No ato do cadastro estamos entregando uma cartilha que contém toda a documentação que será necessária, é importante salientar ainda que os inscritos não podem ter restrições em órgão de proteção ao crédito”, complementa.

O jovem Gregory Adolfo Dias, 21 anos, era o primeiro da fila e chegou no local na manhã de domingo. “Mesmo sabendo que o cadastro será estendido até abril preferimos garantir já de início”, diz. Gregory mora com a mãe no Jardim Archila.

Quem também quer aproveitar a oportunidade para sair do aluguel é a diarista Cícera Cristina dos Santos, 45 anos, moradora da Vila Nova Votorantim. “Já me inscrevia em programas anteriores, mas não tive a oportunidade, agora estou muito confiante em ter minha casa própria”, conta. (com informações da Prefeitura de Votorantim)

Comentários

CLASSICRUZEIRO