Buscar no Cruzeiro

Buscar

Professor de Itapetininga registra sequência de fotos do eclipse solar

14 de Dezembro de 2020 às 23:52
Marcel Scinocca [email protected]

O eclipse solar desta segunda-feira (14), que foi visto de forma parcial no Brasil, no Peru, Bolívia, Uruguai e Paraguai, foi registrado por Rodrigo Raffa, professor de física e astrônomo no Clube de Astronomia Centauri, de Itapetininga. A sequência de imagens, feita a partir do jardim Paulistano, mostra o momento em que a luz solar é coberta, em partes, pela Lua.

Crédito da foto: Rodrigo Raffa

 

Crédito da foto: Rodrigo Raffa

 

Crédito da foto: Rodrigo Raffa

Crédito da foto: Rodrigo Raffa

De acordo com o professor, por conta do distanciamento social, a captação das imagens foi feita no quintal de sua residência, entre 12h40 e 14h. Foram utilizados para o registro um telescópio pequeno, uma câmara fotográfica e um filtro próprio para observação solar.

Raffa é fundador e o atual presidente do Clube, que atua desde 2015. O Clube de Astronomia Centauri tem em torno de 60 membros. A instituição é aberta a todos os interessados com processos de ingresso todo ano.

O eclipse total pôde ser visto apenas em regiões do Chile e da Argentina. Um eclipse solar ocorre quando a Lua passa entre a Terra e o Sol, obscurecendo total ou parcialmente a imagem do Sol para quem observa da Terra.