Sorocaba e Região

Prefeitura retoma mutirão de castração de cães e gatos

A primeira região a ser atendida será a de Brigadeiro Tobias
Mutirão de castração recebe inscrição até 6ª
As cirurgias nos cães e gastos será nos dias 30 e 31. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (18/5/2014)

A Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sema), retoma o mutirão de castração de cães e gatos a partir deste mês de fevereiro. A primeira região a ser atendida será a de Brigadeiro Tobias.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas na segunda (22) e na terça-feira (23), das 8h às 12h e das 13h às 16h, na Casa do Cidadão do bairro. As cirurgias ocorrerão nos dias 1 e 2 de março. No procedimento, os animais também serão microchipados.

Poderão participar desta primeira etapa do mutirão cuidadores de cães e gatos que moram nos bairros Brigadeiro Tobias, Caputera, Genebra, Inhayba, Jardim Eldorado, Jardim Novo Eldorado, Jardim do Sol, Vila Astúrias, Vila São João, Vila Tupã I e Vila Tupã II.

A ação contará com todas as medidas de saúde e segurança, para que não haja aglomeração de pessoas, assim como os cidadãos deverão usar máscara, higienizar as mãos com álcool em gel e manter o distanciamento social.

Para realizar a inscrição, os interessados devem levar RG, CPF e um comprovante de residência atualizado em seu nome. A Casa do Cidadão de Brigadeiro Tobias fica na Avenida Bandeirantes, 4.155. As vagas são limitadas. Outras informações podem ser obtidas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelo telefone: 3202.8006.

Leia mais  Câmara de Sorocaba terá sessões mistas

Cuidados para castração

Antes do procedimento cirúrgico, as pessoas deverão tomar alguns cuidados com seus cães e gatos. O animal deverá ficar em jejum completo (água e comida) por um período de 6h antes da castração.

Os cães devem ser levados ao mutirão com coleira, guia ou caixa de transporte. Caso o temperamento do animal seja agressivo, a focinheira deve ser levada. Os gatos devem ser levados em caixas de transporte, com segurança.

Outra recomendação é que, em caso de levar mais de um animal para a castração, o tutor esteja acompanhado para auxílio. O cuidador também deve levar uma proteção para o pet usar após a realização da castração, como roupa pós-cirúrgica ou o colar elisabetano. (Da Redação, com informações da Secom Sorocaba)

 

 

 

Comentários