Covid-19 Sorocaba e Região

Prefeitura e PUC capacitam profissionais sobre coronavírus

A intenção dessa capacitação foi promover multiplicadores responsáveis em disseminar informações no SUS sobre essa doença
Prefeitura e PUC capacitam profissionais sobre coronavírus
Treinamento contou com cerca de 240 participantes ligados à saúde. Crédito da foto: Divulgação / Secom Sorocaba

Com o objetivo de ampliar e divulgar as informações sobre o coronavírus, a Prefeitura de Sorocaba, em parceria com a Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde (FCMS) da PUC-SP, realizou uma capacitação para alunos e profissionais da Secretaria da Saúde (SES).

A palestra aconteceu na manhã desta terça-feira (10) no teatro da instituição de ensino com a participação de 141 servidores e 100 alunos do primeiro ano do curso de medicina, que estarão em estágio nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) a partir da próxima semana.

De acordo com a SES, a apresentação foi realizada pelas três médicas infectologistas, Rosana Paiva, Juliana Tangerino e Priscila Helena dos Santos. Na primeira parte, Rosana e Juliana, ambas professoras da PUC, abordaram sobre a origem e introdução do coronavírus e seu contexto epidemiológico no mundo.

Leia mais  Campanha alerta sobre quedas em casa na quarentena

Já a médica infectologista da Secretaria da Saúde, Priscila Helena dos Santos, fez uma apresentação sobre o momento atual epidemiológico de Sorocaba, que hoje se encontra com cinco casos suspeitos da doença. Ela também explicou como é feito o trabalho diário da Vigilância Epidemiológica Municipal e sobre o fluxo de notificação que foi enviado para toda a rede de saúde pública e privada.

Ainda segundo a SES, foram convidados profissionais da área de saúde das UBSs e Unidades de Urgência e Emergência, como médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, além de coordenadores destes estabelecimentos.

“A intenção dessa capacitação foi promover multiplicadores responsáveis em disseminar informações no SUS sobre essa doença tão falada atualmente pela imprensa. E também fortalecer a articulação entre a instituição de ensino e os serviços da rede pública. Vale ressaltar que as informações são dinâmicas e novos momentos como este são necessários para a atualização dos fluxos”, explica a médica e gestora da Atenção Básica, Tatchia Puertas Garcia. (Secom Sorocaba)

Comentários