Covid-19 Sorocaba e Região

Prefeito Rodrigo Manga anuncia 55 novos leitos para Covid

Prefeito diz ainda que Sorocaba e região devem flexibilizar restrições nesta semana; Estado não confirma
O prefeito de Sorocaba anunciou as novidades após reunião com o secretário estadual. Crédito da foto: Fernando Rezende

O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) anunciou na manhã de ontem (25) a ampliação de 15 leitos para atendimento aos casos de Covid-19 na UPH da Zona Norte e a criação de um Centro de Estabilização com mais 40 leitos, em parceria com o Estado, totalizando 55.

Além disso, Manga disse que Sorocaba e região poderão voltar para a fase 2 (laranja) do Plano São Paulo ainda nesta quarta-feira (27) ou na sexta (29). As afirmações foram feitas após o prefeito participar de uma reunião pela manhã, em São Paulo, com o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Marco Vinholi.

O jornal Cruzeiro do Sul questionou a Secretaria de Desenvolvimento Econômico sobre os anúncios feitos pelo prefeito e a pasta estadual emitiu, em resposta, a seguinte nota: “Os índices de ocupação de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o tratamento de pacientes de Covid-19 da região a mantêm atualmente na fase vermelha do Plano São Paulo. Portanto, qualquer reclassificação neste momento seria arriscada. Lembrando que as novas normas do plano visam conter os avanços de contágio do coronavírus, bem como o aumento no número de casos, de internações e de morte.”

A secretaria informou ainda que a reunião com o prefeito de Sorocaba tratou da parceria entre o governo estadual e o município para o aumento de leitos na cidade para o combate à Covid-19. “As regras do Plano São Paulo devem ser seguidas pelas 645 cidades do Estado, sem exceções. O governo do Estado, por meio da Secretaria Regional de Desenvolvimento Econômico, está ouvindo os pleitos dos prefeitos, o que já é de praxe por parte da pasta.”

Centro de Estabilização

Segundo Manga, a cidade irá ganhar no início do próximo mês um Centro de Estabilização para pacientes de Covid-19 ao lado da UPH da Zona Leste. O prefeito disse que o espaço será criado em parceria com o governo estadual e, por isso, pelo menos 20 desses leitos irão atender a pacientes da região de Sorocaba.

Leia mais  Grupo é detido por tráfico de drogas em Sorocaba

No local, serão 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 30 de enfermaria. Já para a UPH da Zona Norte, Manga disse que serão 10 leitos de enfermaria e cinco de UTI Covid, e que eles devem entrar em funcionamento já nesta quarta (27) ou quinta-feira (28).

Sobre a possibilidade de Sorocaba e região voltarem para a fase laranja do Plano São Paulo, o prefeito afirmou que apresentou ao secretário Vinholi o resultado da reunião realizada no domingo (24), no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), com a participação de 16 prefeituras da região.

Manga afirma que, no encontro com os prefeitos desses municípios, foi criada uma comissão especial para realizar uma avaliação conjunta sobre a situação da pandemia na região de Sorocaba. O objetivo seria unir forças para fortalecer a saúde regional e levar propostas conjuntas de flexibilização do Plano São Paulo ao governo do Estado, de forma a atender às necessidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS).

O prefeito de Sorocaba disse que no encontro com os prefeitos foi identificada a existência de sete respiradores nas cidades da RMS que não estão sendo utilizados, sendo que poderiam estar atendendo à população. “Eles ficam agora à disposição do Departamento Regional da Saúde (DRS) de Sorocaba para que sejam colocados em operação o mais rápido possível”, afirmou.

Leia mais  Unesp adia 2ª fase do vestibular devido ao agravamento da pandemia

Rodrigo Manga disse ainda que a comissão especial também identificou 20 leitos de UTI desativados no novo Hospital Regional Adib Domingos Jatene. “Esses leitos podem iniciar a qualquer momento o atendimento à população e, quando a gente fala de leitos, estamos falando do principal critério de reclassificação de fases no Plano São Paulo”, destaca.

Manga afirma ainda que todas essas informações levantadas pela comissão especial foram apresentadas na reunião com o secretário Vinholi, além do fato de Sorocaba já ter inaugurado 15 novos “leitos Covid” na UPH da Zona Leste — sendo 5 de UTI e 10 de enfermaria — e do anúncio de mais 15 para esta semana na UPH da Zona Norte.

“Tivemos a grata surpresa do anúncio feito pelo secretário, do Centro de Estabilização em Sorocaba, com mais 40 leitos, em parceria com o governo estadual. Diante disso, o próprio secretário Vinholi, na nossa frente, por telefone, fez os cálculos não oficiais, sobre a quantidade de leitos Covid disponíveis para atender Sorocaba e região, e disse que nesta quarta, ou no máximo sexta, iria ter uma nova mudança de fase, passando Sorocaba e região da atual vermelha para a laranja”, afirma Manga.

Sorocaba e os demais 47 municípios da região estão na fase vermelha desde ontem. Na sexta-feira (22), o governo estadual fez mais uma classificação do Plano São Paulo e colocou a região de Sorocaba na fase vermelha (fase 1), a mais restritiva, quando somente serviços essenciais podem funcionar com atendimento presencial.

Leia mais  Polícia faz buscas contra suspeitos de furar fila em vacinação no RJ

Comércio

Um decreto municipal foi publicado ainda ontem com as regras de funcionamento do comércio e dos serviços em Sorocaba, até que haja nova reclassificação da cidade e região pelo Estado. Até lá, serviços essenciais podem atender presencialmente das 6h às 20h, com 40% de ocupação, exceto aos fins de semana, e seguindo todos os protocolos de saúde e segurança.

O comércio em geral pode funcionar em sistema de drive-thru. “É fundamental que a população continue adotando todas as medidas preventivas à Covid-19, como uso de máscara, álcool em gel e mantendo o distanciamento social”, informa a Prefeitura de Sorocaba. (Kally Momesso)

 

Comentários