Informação Livre Sorocaba e Região

Prefeito Manga enviará pacote fiscal para a Câmara

As iniciativas deverão ser protocoladas na Câmara até o final deste mês
Crédito da foto: Marcel Scinocca

O prefeito Rodrigo Manga (Republicanos) anunciou ontem que enviará para a Câmara de Sorocaba um pacote de medidas fiscais. Uma delas, deverá beneficiar o comércio central da cidade. A informação foi confirmada pelo chefe
do Executivo no Parque Tecnológico de Sorocaba, durante o lançamento do programa habitacional Casa Nova Sorocaba.

Conforme Manga, são incentivos fiscais para reaquecer a economia. “Vai atender a área da construção, indústria e serviços, para que a gente possa gerar emprego e desenvolvimento e atrair novas empresas para a cidade”, garante. “São projetos que estão sendo discutidos.” Segundo Manga, as iniciativas deverão ser protocoladas na
Câmara até o final deste mês.

Falando no assunto

O presidente da Câmara de Sorocaba, Claudio do Sorocaba I (PL), afirmou que é muito cedo para falar em tramitação, pois o prefeito ainda não sinalizou como enviará esses projetos de medidas fiscais. Entretanto, o parlamentar ressalta. “Mas acredito que ele deva pedir urgência, por ser uma das prioridades do governo e da população. E nós, como Legislativo, vamos colocá-lo em análise dentro dos prazos legais, com comunicação prévia dos vereadores, e consultando todas as comissões pertinentes”, afirma.

Leia mais  Região de Sorocaba avança para a fase amarela do Plano São Paulo

No Tribunal de Contas

Mais uma vez os processos de 2016 da Prefeitura de Sorocaba, que trata da questão da merenda escolar, foi retirado ontem da pauta de julgamento do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP). Dessa vez, o motivo é a sustentação oral feita pela defesa. Os processos, que tratam, entre outras coisas, da possíveis irregularidades na contratação emergencial de mais de R$ 40 milhões, agora não tem data da para retornar ao plenário.  2016, como se sabe, foi o último ano da gestão do ex-prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB).

Voluntariado no TJ

O Tribunal de Justiça de São Paulo recebe pessoas interessadas em prestar serviço voluntário nas unidades do
Judiciário no Estado, incluindo Sorocaba. Podem participar maiores de 18 anos, preferencialmente magistrados e servidores aposentados, estudantes ou graduados de curso superior. As atividades ocorrem especialmente nas
áreas de orientação e capacitação de servidores em estágio probatório e no atendimento ao público, mas sempre estão vinculadas às áreas de interesse e compatíveis com o conhecimento e a experiência profissional da pessoa. A carga horária é de, no mínimo, 4 horas diárias e, no máximo, 8 horas, não podendo exceder 20 horas semanais, sempre em dias úteis. O prazo inicial para o trabalho é de um ano, podendo ser prorrogado. Dúvidas podem ser
enviadas ao e-mail servicovoluntario@tjsp.jus.br.

Comentários