Sorocaba e Região

Prefeito e vereadores: posse será presencial, mas sem convidados

Em Sorocaba, o presidente do legislativo e comissões permanentes da câmara serão escolhidos logo após a posse
Utilização de contêineres
Crédito da foto: Vinícius Fonseca (16/7/2020)

 

A posse do prefeito eleito Rodrigo Manga (Republicanos), do vice-prefeito eleito Fernando Martins da Costa Neto (PSD) e dos 20 vereadores eleitos de Sorocaba para a legislatura 2021/2024 acontece na próxima sexta-feira (1). O evento será realizado na Câmara de Sorocaba e, em função da pandemia, não terá público. É a primeira vez que isso ocorre na história recente da cidade. Entretanto, cidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) terão evento com público, entre as cidade e Iperó.

Em Sorocaba, a sessão solene ocorrerá na manhã de sexta-feira (1), a partir das 10h, no plenário da Câmara. Apesar de presencial, conforme ressalta a Câmara, a cerimônia será restrita aos eleitos e estrutura técnica da Casa, com transmissão ao vivo pela TV e rádio Câmara e mídias sociais do Legislativo.

A Câmara de Sorocaba lembrou que, devido ao decreto estadual colocando os municípios paulistas na fase vermelha do Plano São Paulo entre os dias 1º e 3 de janeiro, não será permitida a presença de convidados e assessores na Câmara, sendo facultativa a posse virtual, por opção dos parlamentares.

Leia mais  Câmara de Sorocaba aprova contratação de empréstimo de US$ 56 milhões

Após a cerimônia de posse, haverá a eleição da Mesa Diretora do Legislativo, quando serão escolhidos, por exemplo, presidente e vice-presidente da Câmara. Os membros das 18 comissões permanentes da Câmara também serão escolhidos na ocasião. A situação obedece o Regimento Interno do Legislativo sorocabano.

Lista de empossados: tomarão posse em 1 de janeiro o prefeito eleito, Rodrigo Manga (Republicanos), o vice-prefeito, Fernando Martins (PSD), e os 20 vereadores eleitos: Vitão do Cachorrão (Republicanos), Iara Bernardi (PT), Péricles Régis (MDB), Fernando Dini (MDB), Fernanda Garcia (Psol), Cristiano Passos (Republicanos), João Donizeti (PSDB), Silvano Jr. (Republicanos), Fábio Simoa (Republicanos), Hélio Brasileiro (PSDB), Luis Santos (Republicanos), Fausto Peres (Podemos), Vinícius Aith (PRTB), Francisco França (PT), Rodrigo do Treviso (PSL), Ítalo Moreira (PSC), Dylan Dantas (PSC), Cícero João (PTB), Salatiel Hergesel (PDT) e Cláudio Sorocaba 1 (PL).

Secretariado

Após a cerimônia de posse, na Câmara, haverá um novo evento. A posse do secretariado de Rodrigo Manga. Tradicionalmente, esse evento ocorre no Teatro Municipal Teotônio Vilela (TMTV). Entretanto, como o TMTV está fechado, o evento deverá ocorrer na Câmara. A assessoria de Rodrigo Manga não deu informações sobre o evento.

Leia mais  Um dia na História

Também sem público

Em Itapetininga, também devido a inclusão do dia 1 de janeiro na fase vermelha do Plano São Paulo, a sessão solene de posse contará apenas com a prefeita Simone Marquetto (PSDB), o vice, Jeferson Brun (PSDB), e vereadores a serem empossados, além de funcionários da Câmara Municipal em número necessário ao evento. Não haverá presença de público nem de autoridades. “Uma sessão solene breve, dentro do ritual previsto pela Lei Orgânica, tudo com o objetivo de preservar a segurança dos participantes”, comenta Silas Gehring, responsável pelo cerimonial da Câmara de Itapeninga. É a primeira vez que o evento ocorre sem público na cidade. “Nas legislaturas anteriores, o plenário sempre ficava lotado”, complementa.

Em Capela do Alto, o evento ocorre também à partir das 10h. “Devido ao Covid a cerimônia de posse será restrita aos candidatos eleitos, bem como a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara se dará em sessão fechada na Câmara Municipal”, lembra a organização do evento. Ambas, portanto, acontecerão sem acesso do público.

Na cidade de Votorantim, a situação ainda não estava totalmente definida até a noite de segunda-feira (28). Entrentanto, há a expectativa de que o evento seja 100% online, com vereadores, a prefeita eleita Fabiola Alves (PSDB) e o vice-prefeito eleito Rodrigo Kriguer (PSDB). A sessão será presidida por Luciano Silva (PSDB), vereador eleito mais votado da cidade no pleito de 2020.

Leia mais  Suspeito por tráfico de drogas é preso em operação 'Paz e Proteção' em Sorocaba

Em Salto, a cerimônia ocorrerá na Câmara da cidade com participação somente de prefeito, vice e vereadores. Na posse do secretariado, mais tarde, haverá a participação de um convidado de cada secretário, o chefe do Executivo e do vice.

Comentários