Sorocaba e Região

Prefeito exonera secretário da Educação

Crespo alega “quebra de confiança” em relação a Mário Bastos
Bastos já tinha passado por outras duas secretarias. Crédito da foto: Arquivo JCS/ Emídio Marques

 

O prefeito José Crespo decidiu exonerar, na tarde desta quinta-feira (6), o secretário da Educação, professor Mário Bastos, que estava no governo desde o início e já tinha passado por outras duas secretarias.

“O que me levou a tomar essa decisão foi a quebra de confiança em relação ao secretário na condução da pasta. Não dá para mantermos uma equipe coesa e entusiasmada sem a confiança”, disse Crespo.

A informação foi divulgada pela Prefeitura no início da noite, com o título “Prefeito demite o secretário da Educação”, momento em que a reportagem tentou falar com Mário Bastos por celular. Em quatro tentativas consecutivas, a ligação não se efetivou. Foi deixado recado, mas ele não retornou até o fechamento desta edição.

Ao mesmo tempo, de acordo com a informação divulgada pela Prefeitura, José Crespo determinou à Corregedoria-Geral do Município a apuração de denúncias que recebeu contra o secretário, o que provocou a instauração de processo administrativo.

A Prefeitura acrescentou que o jornalista André J. Gomes será o substituto de Mário Bastos. Nomeado como diretor de área na Secretaria de Comunicação e Eventos (Secom), ele já era o responsável por atender a área da Educação.

Leia mais  Prefeito de Itu, Guilherme Gazzola testa positivo para Covid-19

Gomes tem 44 anos, é autor de seis livros e há mais de 20 anos atua no mercado publicitário e jornalístico. Também professor universitário há 11 anos, ministra disciplinas nos cursos de gestão e comunicação da Esamc Sorocaba.

E era só uma licença

Na manhã desta quinta-feira (6)  rumores sobre a exoneração de Mário Bastos foram negados por ele. Os rumores surgiram na sessão da Câmara. O então secretário disse que estava de licença médica por 15 dias, a contar da data de ontem, porque é hipertenso. Bastos foi o titular da pasta após a saída de Marta Cassar, que deixou a Secretaria da Educação alegando motivos pessoais.

A educação municipal vem recebendo diversas críticas durante as sessões da Câmara Municipal por problemas nas escolas municipais, falta de professores, e há caso de escola até com falta de papel higiênico. Além disso, uma audiência pública na Casa Legislativa está marcada para ocorrer na terça-feira (11), cujo tema é “Problemas na Educação no Município de Sorocaba”. O evento foi solicitado pela vereadora Iara Bernardi (PT).

 

Leia mais  Supermercado Tauste doa arrecadação de Panettone Solidário

 

Atualizada às 23h39

Comentários