Sorocaba e Região

Poupatempo reabrirá ao público a partir da próxima quarta-feira (19)

Agendamentos serão liberados a partir de terça-feira; unidades começam a retornar na quarta
Poupatempo reabrirá ao público a partir da próxima quarta-feira (19)
Os postos do Poupatempo no Estado, incluindo o de Sorocaba, estão fechados em razão da pandemia do novo coronavírus. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (29/5/2020)

O Governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (12) que as unidades do Poupatempo começam a retomar na quarta-feira (19) os atendimentos nos postos físicos. Mas os agendamentos serão liberados a partir da terça (18). Esta etapa de reabertura priorizará apenas o que houver exigência presencial, como primeira emissão de CNH e expedição de RG. Conforme o cronograma de retomada dos atendimentos presenciais, ele será semanal, até 28 de outubro.

No entanto, a reabertura das unidades segue as diretrizes da aderência ao Plano São Paulo, com a flexibilização permitida apenas para cidades que estiverem nas fases amarela e laranja, e com fluxo de pessoas equivalente a 30% da capacidade de cada unidade.

Ampliação do Poupatempo

O vice-governador paulista, Rodrigo Garcia (DEM), também anunciou nesta quarta-feira (12) a ampliação do programa Poupatempo de 75 para 340 unidades. Para isso, o Poupatempo vai incorporar à sua gestão todos os serviços prestados pelo Detran.SP. Assim, as unidades do Detran.SP serão transformadas em postos presenciais do Poupatempo.

Leia mais  Ladrões estouram porta de loja em tentativa de furto no Campolim

Primeiramente, as novas unidades vão manter todos os serviços prestados pelo departamento de trânsito e incorporar os outros serviços prestados pelo Poupatempo. No total, serão oferecidos 133 diferentes tipos de serviço. Até 2022, serão disponibilizados 242 serviços digitais nas 340 unidades. Dessa forma, a transição para as 252 novas unidades será gradual e concluída também até 2022. Conforme o Estado, a reestruturação operacional possibilitará uma economia de cerca de R$ 100 milhões por ano.

Além de expandir a capilaridade dos serviços prestados, a medida resultará em atendimento público de forma presencial e remota (pelo celular), por meio do Poupatempo Digital, para todos os municípios paulistas — incluindo o alcance a cidades menores.

Postos mais enxutos

O Estado adianta que os novos postos serão mais enxutos e com atendentes realizando diversos tipos de serviços. “Integrar nossos serviços ao programa fará a população ganhar ainda mais. As pessoas serão atendidas nas novas unidades com mais comodidade, de forma simples, eficiente e com toda segurança e contando também com um maior leque de serviços prestados, além daqueles referentes a CNH e documentação veicular”, destaca o diretor-presidente do Detran.SP, Ernesto Mascellani.

A partir da reabertura da semana que vem, já começarão a operar na nova modalidade as unidades do Poupatempo da Sé, Itaquera, São Bernardo do Campo, Mauá, Mogi das Cruzes, Santos, Guarujá e Bauru.

Leia mais  Nascidos em outubro já podem sacar o auxílio emergencial

Do total de 340 postos, 252 retornam ainda na modalidade Ciretrans e oito unidades como Poupatempo. As Ciretrans que ainda permanecem exclusivas para atendimentos relativos a assuntos de trânsito serão transformadas semanalmente, até a transição plena da remodelação, prevista para estar concluída até 2022.

Digitalização

O governo estadual informou, também, que o Poupatempo continua seu processo de digitalização. O número de serviços digitais no portal do Poupatempo passou de sete, no início de 2019, para os atuais 82 serviços digitais pelo aplicativo.

As inovações digitais desenvolvidas até o momento pela Prodesp, a empresa de tecnologia do governo paulista, permitiram colocar os principais serviços do Poupatempo e do Detran.SP na palma da mão de todos os cidadãos. Acelerado pela pandemia do coronavírus, o portal e o aplicativo Poupatempo Digital se mostraram fundamentais para a manutenção dos atendimentos. Mais de sete milhões de interações/atendimentos foram feitos em quatro meses. Isto representa mais de 65% dos atendimentos diários nas unidades físicas, estimados em 120 mil.

Atualmente existem mais de 200 serviços sendo digitalizados pelo Poupatempo, em comparação com os sete oferecidos no início de 2019. Apenas cinco serviços que apresentam maior volume de transações permanecerão sem digitalização, como os atendimentos para emissão da primeira via do RG e a renovação da CNH, que requerem coleta biométrica e exigem a ida ao posto. (Da Redação, com informações do Governo do Estado de São Paulo)

Comentários