Informação Livre Sorocaba e Região

Políticas públicas para a região de Sorocaba

Trata-se da 2ª etapa do Projeto Articuladores, liderado pelo Sebrae-SP em parceira com a Fundação Getúlio Vargas
Políticas públicas para a região de Sorocaba
Crédito da foto: Divulgação / Secom Sorocaba

O Sebrae-SP apresenta levantamento de ações prioritárias de políticas públicas na região de Sorocaba nesta quinta-feira (4). Prefeitos e secretários de desenvolvimento da região participam de reunião para apresentar ações citadas como prioritárias por gestores locais para promover o desenvolvimento regional.

Trata-se da 2ª etapa do Projeto Articuladores, liderado pelo Sebrae-SP em parceira com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O encontro será realizado no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS).

A FGV realizou mapeamentos técnicos das regiões, e foram levantadas demandas em um laboratório de formação de agenda que ocorreu em outubro de 2020.

“Queremos mostrar aos gestores locais o que conseguimos levantar nesta 1ª etapa e como o Sebrae-SP pode contribuir com toda essa rede para as ações de políticas públicas da região”, diz Alexandre Martins, gerente regional do Sebrae-SP, em Sorocaba.

Leia mais  Cursos gratuitos sobre empreendedorismo são ofertados pelo Sebrae

 

Expansão de empresa

A Prefeitura de Sorocaba, representada pelo prefeito Rodrigo Manga, assinou na tarde desta quarta-feira (3) protocolo de intenções com a Valid Soluções S.A. A empresa, que atua no ramo de tecnologia e serviços e opera na cidade desde 2005, planeja ampliar sua capacidade industrial local.

O investimento inicial previsto é de R$ 7 milhões, com geração de 210 empregos — com possibilidade de chegar a R$ 20 milhões mais mil empregos em dois anos.

O ato ocorreu no gabinete do prefeito. A Valid esteve representada pelo diretor-presidente, Ivan Murias, e o diretor de operações, Maurício Menezes. Com sede no Rio de Janeiro, a Valid possui uma filial em Sorocaba, no bairro Ipanema das Pedras, com 650 funcionários.

A empresa produz cartões magnéticos, chips e impressos de segurança, incluindo documentos de identidade e carteiras de habilitação e, ainda realiza processamento de dados, utilizando tecnologias antifraude e de gestão de suprimento de produtos gráficos, certificados digitais, extratos bancários e sistemas de identificação biométrica.

Leia mais  Airbnb anuncia novos protocolos de limpeza para tentar recuperar reservas

 

Atividades religiosas

Em 1ª discussão, a Câmara de Sorocaba aprovou o projeto de lei do vereador Luis Santos (Republicanos) que reconhece as atividades religiosas e locais de culto como serviços essenciais, durante e após tempos de crises ocasionados por moléstias contagiosas ou catástrofes naturais.

Luis Santos ressaltou que o objetivo da proposta é garantir a abertura dos templos, embora haja disposição no mesmo sentido já estabelecida por decreto presidencial desde o ano passado e mais recentemente também do governo do Estado. “Respeitadas as normas sanitárias, precisamos manter o funcionamento dos templos”, defende o vereador.

Leia mais  Bolsonaro inclui igrejas como serviços essenciais para funcionar na quarentena

 

Moção de repúdio

Em discussão única, foi aprovada na Câmara de Sorocaba a moção de autoria do vereador Ítalo Moreira (PSC) que manifesta repúdio às afirmações do governador João Doria (PSDB) sobre a prefeita de Bauru, Suéllen Rosim (Patriota).

O parlamentar classifica como “deselegantes e despropositadas”, além de “desrespeitosas”. Segundo o vereador, o governador havia afirmado que a prefeita de Bauru age de “forma negacionista” em relação à pandemia de Covid-19 e “ainda faz vassalagem para o presidente Jair Bolsonaro, visitando-o no Palácio do Planalto, ao invés de defender a população do coronavírus”.

Comentários