Sorocaba e Região

Polícia suspeita que corpo carbonizado em Ibiúna é de homem de Cotia

Confirmação depende de resultado de exame do IML, que pode levar até 30 dias para ficar pronto
O corpo foi encontrado carbonizado dentro de uma caminhonete. Crédito da foto: Cortesia/ Jornal do Povo (20/02/20)

A Polícia Civil suspeita que a vítima que foi encontrada carbonizada dentro de um veículo em Ibiúna (Região Metropolitana de Sorocaba), é um homem de Cotia (região da Grande São Paulo). A investigação aguarda o resultado do exame do Instituto Médico Legal, que pode levar até 30 dias para ficar pronto.

O corpo foi encontrado no dia 20 deste mês no interior de uma caminhonete em uma zona rural de Ibiúna. O estado do corpo impediu que fosse realizado o reconhecimento da vítima e que suspeitas sobre a causa da morte fossem levantadas.

A reportagem do Cruzeiro do Sul teve contato com uma pessoa que preferiu não se identificar, mas que afirmou que a vítima é um homem de 42 anos que teria ido até Ibiúna a negócios. Segundo a fonte, o homem possuía um terreno no Município e possivelmente teria vindo até o local para receber dinheiro da venda do espaço.

A Polícia afirmou que a família do homem cedeu amostras genéticas para que seja realizado o exame de identificação do corpo e informou que a caminhonete em que a vítima foi encontrada estava no nome do homem.

As investigações devem seguir assim que a hipótese for confirmada ou descartada.

Comentários