Sorocaba e Região

Polícia prende cinco pessoas em operação realizada em Sorocaba e Votorantim

Durante a operação foram apreendidos maconha, haxixe, crack e cocaína


Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes de Sorocaba
O material apreendido foi apresentado pela Dise, em Sorocaba. Crédito da foto: Divulgação / Polícia Civil

Cinco pessoas foram presas em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, em Sorocaba e Votorantim, na manhã desta terça-feira (14). A operação foi encabeçada pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), com apoio da Polícia Militar.

De acordo com o delegado titular da Dise, Rodrigo Ayres, havia três mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária expedidos. Foram detidos dois participantes do grupo criminoso que atuavam como “gerentes” do tráfico: um deles, um adolescente de 16 anos.

Uma da pessoas presas havia sido detida dias atrás por ter roubado um veículo, mas conseguiu ser solto. Como era um dos “administradores” do grupo, o adolescente assumiu a “função” neste meio tempo.

Outro preso, além de fazer a “contabilidade” do tráfico, era responsável pelo papel de “jet”, gíria usada pela maior facção do Estado para quem controla o número de associados, se pagam a mensalidade em dia e de que área pertencem.

Leia mais  Acidente entre carreta e caminhão causa lentidão na rodovia Celso Charuri

 

A companheira do responsável pela contabilidade recolhia o dinheiro do tráfico todos os dias. Chamou a atenção da polícia o fato de que, apesar de ter carro próprio, ela se deslocava para os pontos de venda de droga sempre por meio de um aplicativo de transporte. “A princípio, não identificamos relação dos motoristas do aplicativo com o grupo”, explica Ayres.

No total, os policiais que participaram da operação apreenderam duas peças de maconha, 800 gramas em porções, dois quilos de haxixe, 30 porções de crack e 500 gramas de cocaína. A atuação do grupo acontecia, principalmente, no Parque Morumbi, em Votorantim. Os homens foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba, o adolescente à Fundação Casa e a mulher à Penitenciária de Votorantim. (Da Redação)

Comentários

CLASSICRUZEIRO