Sorocaba e Região

Polícia Ambiental apreende pássaros em cativeiro em Sorocaba

Os animais estavam com as anilhas adulteradas
Nove pássaros silvestres foram apreendidos. Crédito da foto: Divulgação/PM

A Polícia Militar Ambiental apreendeu nove pássaros que estavam sendo mantidos em cativeiro na rua Margarite Guerra, na Vila Nikkey, em Sorocaba. A ocorrência foi registrada na tarde deste sábado (27). O responsável deverá pagar R$ 4.500,00.

Segundo os agentes, a equipe recebeu uma denúncia de que uma casa mantinha animais silvestres em cativeiro. Ao chegarem no local, os policiais identificaram nove pássaros, sendo três trinca-ferros, um pássaro-preto, dois coleirinhos-papa-capim e três canários-da-terra. Os animais estavam em gaiolas individuais e apresentavam sinais de domesticação, com disponibilidade de água e alimentação adequada. Porém, durante a vistoria, a equipe verificou que duas aves possuíam anilhas com indícios de adulteração, configurando o crime de adulteração e falsificação de selo ou sinal público.

Além desses animais, os policiais localizaram cinco calopsitas e 29 canários-do-reino. Entretanto, eles estavam acomodados em viveiros apropriados e sem sinais de maus tratos. Dessa forma, os fiscais não adotaram providências penais ou administrativas.

Leia mais  Sorocaba irá vacinar com segunda dose idosos de 77 anos ou mais nesta quarta-feira (31)

Questionado pelos agentes sobre as nove aves, o proprietário não apresentou as notas fiscais ou documentos que comprovassem a origem dos animais. Diante disso, a equipe concluiu que se tratava de guarda doméstica de espécie silvestre, com finalidade exclusiva de estimação, e autuou o proprietário em R$ 4.500,00.

Como os animais não estavam aptos para serem soltos, eles serão enviados ao CRAS PET do Parque Ecológico do Tietê. A ocorrência será apresentada como crime de adulteração e falsificação de selo ou sinal público. (Da Redação)

 

Comentários