Sorocaba e Região

PM transferirá companhias para imóveis municipais

Prefeitura cedeu à Polícia prédios no Alto da Boa Vista e na Vila Angélica
PM transferirá companhias para imóveis municipais
Antigo restaurante e sede administrativa do Aeroclube, na Vila Angélica, receberá a 1ª e 2ª Companhias. Crédito da foto: Erick Pinheiro / Arquivo JCS (27/12/2018)

A Prefeitura de Sorocaba concedeu à Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) o uso de duas áreas da administração municipal para que o 7º Batalhão de Polícia Militar do Interior (7º BPM/I) possa descentralizar suas companhias, com o objetivo de reforçar o policiamento nos bairros. Os decretos que dispõem sobre a cessão de uso dos imóveis foram publicados na edição de segunda-feira (6) do jornal Município de Sorocaba.

Ontem (8) a prefeita Jaqueline Coutinho (PSL) se reuniu com o coronel Aleksander Toaldo Lacerda, comandante do Comando de Policiamento do Interior-7 (CPI-7), e com o tenente-coronel Fernando de Agrella, que esta à frente do 7º BPM/I, para oficializar a cessão.
O decreto 25.804/2020 cede à Polícia Militar, a título precário, por 60 meses, o imóvel próximo à Prefeitura, no Alto da Boa Vista, onde até há pouco tempo funcionava o refeitório dos servidores públicos municipais. Ele deverá receber a 4ª Companhia, atualmente centralizada no quartel onde funcionam o CPI-7 e o 7º BPM/I. A 4ª Cia. é a responsável pelo policiamento na zona leste.

Leia mais  Homem é detido em Sorocaba com carro furtado em Itu

A outra área destinada à Polícia Militar sediou o antigo restaurante e a administração do aeroclube local, na Vila Angélica, com 4.542,84 metros quadrados. Conforme o tenente-coronel Fernando de Agrella, ali será a sede das 1ª e 2ª Companhias, responsáveis, exatamente, pelo atendimento da região para onde será transferida. O funcionamento das novas sedes deverá ocorrer num prazo de dois meses.

Baep

Ainda durante o encontro, o coronel Aleksander Toaldo Lacerda confirmou que, até o final deste ano, uma unidade do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) deve ser implantada na região de Sorocaba.

Em fevereiro, durante entrevista à rádio Cruzeiro FM 92,3, o coronel adiantou que as operações do grupo especial devem abranger os 78 municípios que integram o CPI-7, mas com sede em Sorocaba. A estimativa é que cerca de 300 policiais devam integrar a futura equipe, vindos de outras regiões, principalmente da Capital. (Da Redação, com informações da Prefeitura de Sorocaba)

Comentários