Sorocaba e Região

PM e GCM fazem operação contra pancadões em Sorocaba

Ação ocorreu neste domingo no Jardim Ipiranga e no Parque Vitória Régia
Operação integrada é realizada pela Polícia Militar e GCM. Crédito da Foto: Divulgação / Secom

Atualizada às 12h46

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Sorocaba realizou nova operação integrada com a Polícia Militar (PM), para evitar os chamados pancadões. A ação desta vez ocorreu no fim da tarde e na noite deste domingo (3), no Jardim Ipiranga e no Parque Vitória Régia, nos moldes da anterior, também neste fim de semana, em outros três pontos da cidade.

O secretário de Segurança Urbana de Sorocaba, coronel Vitor Gusmão, reitera que os pancadões serão tema de atenção constante da GCM em Sorocaba, com prioridade às ações preventivas. “O objetivo é chegar nesses locais antes que as pessoas se instalem e deem início ao evento. E foi o que aconteceu no Jardim Ipiranga. No Parque Vitória Régia havia cerca de 200 pessoas, que se evadiram com a chegada das viaturas, deixando para trás garrafas vazias de bebidas alcoólicas e energéticos, que foram recolhidas”, destaca o secretário.

Leia mais  Polícia prende suspeito de matar comerciante durante assalto em Sorocaba

Nos dois pontos, as aglomerações foram coibidas. A GCM participou da operação com cinco equipes motorizadas, sendo duas delas da patrulha tática Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e duas do trânsito. Já a PM contou com três equipes em viaturas, recolhendo quatro veículos e emitindo 18 autos de infração (cinto de segurança) no Jardim Ipiranga.

Outros pancadões

Operação semelhante envolvendo GCM e PM já havia ocorrido para evitar outros três pancadões, entre a noite do último sábado (dia 2) e a madrugada deste domingo (dia 3), nos bairros Carandá, Vila Helena e Jardim Paineiras. Nessas operações, a GCM também mobilizou três equipes em viaturas.

Na Vila Helena, a GCM elaborou 60 autos de infrações (som alto e estacionamento irregular). Já no Jardim Paineiras houve 28 veículos autuados pelos mesmos motivos, e donos de dois estabelecimentos comerciais foram orientados a fechar as portas e encerrar as atividades. No Carandá não ocorreram autuações, apenas a atuação preventiva das forças de segurança pública.

A GCM mantém o trabalho de inteligência para identificar onde e quando ocorrerão os pancadões. Nesse sentido, a corporação ainda conta com o apoio da população, que pode informar, pelo fone 153, sobre as possíveis realizações de pancadões, a fim de que a GCM possa agir o mais rápido possível. Gusmão pontua que as ações conjuntas entre as forças policiais são necessárias, multiplicando os efetivos para que se tenha um número maior de ações simultâneas e se coíba os pancadões de maneira efetiva.

Leia mais  Em 24 horas, Sorocaba registra mais 70 recuperados da Covid-19

Além disso, durante os dias 31 de dezembro e 3 de janeiro de 2021, a PM realizou a operação Paz e Proteção, que também visa coibir a prática dos ‘bailes’. O policiamento foi registrado nos bairros Centro, Ipiranga, Paineiras, Vila Helena, Carandá, Nova Sorocaba, Vitória Régia, Zacarias, João Romão, Sabiá, Habiteto, Praça da Bandeira, Jd. Refúgio e Nova Esperança. Conforme os resultados divulgados pelo 7º BPM/I, 16 pessoas foram presas, 136 autos de infração de trânsito foram feitos, um veículo foi localizado, 297 carros foram fiscalizados e 66 foram removidos. (Da Redação, com informações da Secom e da PM)

Comentários