Buscar no Cruzeiro

Buscar

Pandemia impede eventos natalinos em Sorocaba

25 de Dezembro de 2020 às 00:01
Kally Momesso [email protected]

Pandemia impede eventos natalinos na cidade O Trem Iluminado, realizado em 2019, não aconteceu este ano. Crédito da foto: Fábio Rogério (22/11/2019)

O Natal, que para a maior parte das pessoas é momento de se reunir com a família, neste ano terá outro significado. A preocupação com o outro é o que deve manter as pessoas isoladas em casa e evitar a transmissão pelo novo coronavírus. Para isso, e a fim de coibir aglomerações, diversos eventos tradicionais de Sorocaba foram cancelados.

Todos os eventos natalinos anualmente programados pela Secretaria de Cultura (Secult), como o Natal Encantado, que apresenta espetáculos de músicas em espaços públicos, e o Trem Iluminado, realizado pela Sorocaba Refrescos em 2019 em parceria com a pasta, foram cancelados. Além disso, a decoração de Natal, realizada anualmente, não foi instalada na cidade. A Secult afirma que os cancelamentos foram motivados pela pandemia e, também, a consequente falta de recursos gerada pelo novo coronavírus.

Pandemia impede eventos natalinos na cidade Espaço Céu Sagrado cancelou a 16ª edição do Natal Iluminado. Crédito da foto: Fábio Rogério (22/11/2019)

O espaço Céu Sagrado também anunciou, em novembro, o cancelamento da edição do Natal Iluminado deste ano. A tradicional decoração natalina feita com cerca de 4,5 milhões de luzes, no Alto da Boa Vista, entraria na 16ª edição em 2020. “Estávamos empenhados em celebrar essa edição do evento, porém, em virtude da pandemia e natural aglomeração no local, torna-se inviável recebermos os visitantes e garantir o bem-estar e a saúde de todos”, afirmou o presidente do Céu Sagrado, Luciano Dini.

Apesar do cancelamento dos eventos, os shoppings mantiveram a tradição de enfeitar o ambiente com decorações natalinas. De acordo com a Renata Corrêa, gerente de marketing do Iguatemi Esplanada, localizado no bairro Campolim, as famílias puderam passear pelo shopping e observar enfeites que foram adequados ao momento pandêmico. “Este ano, trouxemos o nosso tradicional urso. O diferencial é que, neste Natal, ele surge usando máscara, com o objetivo de lembrar a todos da importância de seguirmos adotando as medidas de segurança e proteção”, relatou ela.

Pandemia impede eventos natalinos na cidade No Iguatemi, o urso de Natal lembra que ainda estamos vivendo a pandemia. Crédito da foto: Divulgação

O Shopping Cidade Sorocaba, na avenida Itavuvu, também foi enfeitado. Conforme Juliana Ramon, gerente de marketing do estabelecimento, o público pôde visitar a confeitaria da Mamãe Noel, o trenó do Papai Noel e ver a árvore de Natal. Já o bom velhinho apareceu digitalmente, em televisores espalhados pelo local. “O cenário nada mais é do que um retrato das tradições natalinas familiares. A família prepara a árvore, as comidas da ceia, consideradas especiais, embrulha os presentes, as crianças fazem as cartinhas”, detalha Juliana.

O transporte coletivo e a Caravana da Coca-Cola também estão colaborando com o clima natalino. Alguns ônibus da concessionária BRT Sorocaba estão iluminados e enfeitados e os caminhões da Sorocaba Refrescos passam pelos bairros com cinco caminhões adesivados, com luzes e música. Durante toda campanha, a rota e os horários da Caravana de Natal não foram divulgados para atender às regras sanitárias contra a Covid-19.

Pandemia impede eventos natalinos na cidade BRT Sorocaba enfeitou alguns ônibus que percorrem a linha Norte-Sul. Crédito da foto: Eric Mantuan (26/11/2020)

E pensando em manter a comunidade católica unida, algumas paróquias de Sorocaba irão manter as missas de Natal com esquema de senhas para evitar aglomerações. A orientação da Paróquia Santo Antônio é de que os fiéis entrem em contato com as igrejas para reservarem seus lugares nas missas durante o período em que a cidade estiver na fase vermelha do Plano SP. O jornal Cruzeiro do Sul tentou entrar em contato com a Arquidiocese de Sorocaba mas não conseguiu confirmar a informação. Uma mensagem gravada informa que ela está em recesso até o dia 19 de janeiro.

Festas exigem maior atenção

Pandemia impede eventos natalinos na cidade Eventos de final de ano devem seguir as normas de distanciamento e ter higienização. Crédito da foto: Leandro Ferreira / Fotoarena / Estadão Conteúdo (28/2/2020)

Para as comemorações atípicas deste ano, é necessário cuidado redobrado com as recomendações de saúde para evitar transmitir ou se contaminar pelo coronavírus. As festas de final de ano devem seguir as normas de distanciamento, evitando aglomerações, e de higienização das mãos com água e sabão e uso de álcool gel 70%.

É importante evitar ir a ambientes coletivos e seguir o limite máximo de pessoas nos encontros familiares. Em geral, o Centro de Vigilância Sanitária (CVS) Estadual recomenda que os eventos não ultrapassem a quantidade de dez pessoas e que a população evite confraternizar com parentes e amigos que não estejam seguindo a quarentena, dando preferência a encontros virtuais.

Além disso, os eventos devem acontecer apenas em ambientes arejados ou ao ar livre e com duração limitada. É imprescindível o uso de máscaras, conforme a Secretaria de Saúde Estadual. Também é orientado o consumo moderado de bebidas alcoólicas e não dividir objetos pessoais como copos e talheres. Ainda é aconselhável que apenas uma pessoa sirva os demais para conter o contato entre as pessoas. Viagens não são recomendadas neste momento.

Atenção aos sintomas respiratórios também é necessária. Pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19 não devem comparecer às reuniões presenciais. Os principais indícios incluem tosse, espirros, coriza, febre, diarreia, falta de ar e ausência de olfato ou paladar. Quem apresentar algum desses sintomas deve procurar os serviços de atendimento médico. (Kally Momesso - programa de estágio / Supervisão: Eric Mantuan)