Sorocaba e Região

Operação da Polícia Federal prende dois homens por pornografia infantil

Investigação iniciada pela PF em Sorocaba ocorre nesta manhã em sete cidades do País
Nesta fase foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão. Foto: Divulgação

Dois homens foram presos em flagrante por armazenar imagens de pornografia infantojuvenil nas cidades de Americana (SP) e Ipixuna do Pará (PA), na manhã desta quinta-feira (14). As prisões ocorreram durante cumprimento de oito mandados de busca e apreensão da Operação Moikano 2, deflagrada pela Polícia Federal de Sorocaba.

Segundo a PF, além destas duas cidades, foram cumpridos mandados em mais três municípios paulistas – Santo André, Serra Azul e Vinhedo – e em Fortaleza, no Ceará, e Simões Filho, na Bahia. A operação investiga uma grande rede de compartilhamento pela internet de arquivos com conteúdo pornográfico infantojuvenil.

Na primeira fase da operação, deflagrada em junho de 2015, um morador de Salto, na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), foi preso por suspeita de pedofilia. Na ocasião, segundo Valdemar Latence Júnior, delegado da Polícia Federal de Sorocaba, a ação resultou na prisão de mais 27 pessoas em todo o País.

A investigação foi iniciada em abril de 2014. Na época, foi preso em flagrante um homem que se apresentava como Moikano nos grupos de compartilhamento de pornografia infantil na internet. Ele era morador de Itu, também na RMS.

Conforme a PF, na primeira fase da operação foram identificados 50 suspeitos brasileiros e 70 suspeitos em outros países. Nesta segunda fase foram identificados oito novos suspeitos a partir da análise do conteúdo do material apreendido em 2015.

A pena pela divulgação de imagens pornográficas envolvendo crianças e adolescentes é de três a seis anos de prisão.

Comentários

CLASSICRUZEIRO