Sorocaba e Região

Ocupação de UTIs Covid-19 tem redução em Sorocaba

A oferta de vagas na rede pública apresentou sensível melhora na sexta-feira (31)
Ocupação de UTI Covid tem redução
Fachada do Hospital Regional de Sorocaba Dr. Adib Domingos Jatene. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (2/4/2018)

A oferta de vagas pactuadas para pacientes de novo coronavírus nas unidades de terapia intensiva (UTI) da rede pública de saúde em Sorocaba teve sensível melhora na sexta-feira (31) em relação à quinta (30). A Santa Casa, por exemplo, reduziu a taxa de ocupação de 95% para 90% — situação que não era registrada há dias. Os dados são da Secretaria da Saúde (SES).

O número de moradores sorocabanos internados em UTI recuou de 96 pessoas, na quinta-feira, para os 89 de ontem. O Novo Regional Adib Jatene, que tinha 100% de ocupação dos leitos no dia anterior, ontem apresentava uma vaga disponível. No Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), a ocupação se manteve nos 75%, com cinco leitos vazios. O hospital de campanha mantinha um paciente em seus seis leitos de estabilização desde a véspera.

Leia mais  Leitos de UTI Covid no Hospital Adib Jatene também atendem outras doenças

 

Com relação aos leitos clínicos da rede pública, a Santa Casa manteve ocupação de 100% em seus 10 leitos. Por outro lado, no hospital de campanha, a taxa de ocupação ficou abaixo de 50%. No CHS, dois dos oito leitos estavam ocupados. O Adib Jatene tinha cinco leitos vagos dos 16 possíveis.

Na rede privada, o problema estava na ocupação de leitos de UTI do hospital Unimed: todos os 20 leitos tinham pacientes. Nos hospitais Evangélico e Samaritano, a taxa de ocupação estava abaixo de 75%. (Marcel Scinocca, com informações da Prefeitura de Sorocaba)

Comentários